06/05/2021 às 14h05min - Atualizada em 06/05/2021 às 14h05min

Justiça decreta prisão preventiva do jovem que atacou creche em Saudades

Também foi deferido a quebra do sigilo de dados dos computadores, videogame e pen drive apreendidos

Redação Agora Joinville
A Justiça decretou a conversão da prisão em flagrante em preventiva do jovem que invadiu uma escola infantil e matou três crianças e duas funcionárias em Saudades, no Oeste catarinense. Também foi concedida a quebra do sigilo de dados dos computadores, videogame e pen drive apreendidos, com o acesso imediato ao conteúdo armazenado. 

As autorizações foram dadas na tarde dessa quarta-feira (5), após uma manifestação do Ministério Público de Santa Catarina. 

O Promotor de Justiça Douglas Dellazari explicou que a prisão preventiva é necessária para a garantia da ordem pública, a instrução criminal e a aplicação da lei penal. O agressor é acusado de agir por motivo torpe (ou fútil), com meio cruel (múltiplos golpes com arma branca) e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas (contra crianças com menos de 2 anos de idade e professoras indefesas, que estavam em seu horário de trabalho). 

"Os crimes causaram extremo abalo à ordem pública, consideradas a torpeza, covardia e crueldade com que foram praticados, cenas nunca vistas antes nesta Comarca, denotando uma gravidade em concreto inquestionável", ressaltou o Promotor de Justiça. "A reprovabilidade das infrações penais e a periculosidade do autor são extremamente acentuadas, sob qualquer perspectiva, seja pelo modus operandi, seja pela multiplicidade de golpes, seja pela qualidade das vítimas." A  Polícia Civil segue com as investigações.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

91.6%
5.8%
2.6%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp