05/05/2021 às 14h43min - Atualizada em 05/05/2021 às 14h43min

Artistas lamentam a morte de Paulo Gustavo

Comediante morreu nessa terça-feira em decorrência da covid-19

Redação Agora Joinville
Agência Brasil
O ator Paulo Gustavo, de 42 anos, morreu na noite de ontem (4) vítima de complicações causadas pela covid-19. Ele estava internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro.

O estado de saúde piorou desde domingo (2). Na tarde desta terça-feira, a família do ator divulgou uma nota classificando o quadro clínico do ator como “irreversível”. A informação foi divulgada na conta oficial do Twiter do comediante. Segundo a nota, desde o último domingo o quadro do ator vinha se deteriorando.

 
"Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes", continuou a nota. A família do ator agradeceu o carinho dos fãs e admiradores e pediu orações a Paulo Gustavo e às demais pessoas acometidas pela covid-19. 

Na noite desta terça-feira, foi confirmada a morte de Paulo Gustavo na conta oficial do ator no Twitter.

  Artistas lamentam a morte do comediante

Em rede social, o marido, Thales Bretas, lamentou a morte de Paulo Gustavo, com quem era casado desde 2015. "Como fui feliz nesses últimos 7 anos que tive o privilégio de conviver com você", escreveu o dermatologista na legenda.

 


No Twitter, a atriz Tata Werneck também lamentou a morte do amigo. Desde o início da jornada de Paulo Gustavo internado, ela pedia orações aos fãs e acreditava na melhora do ator. "Vocês não podem imaginar como está difícil", escreveu. 
  "Eu tô sem chão. E tô sem meu melhor amigo", escreveu Marcus Majella, ator e amigo de Paulo Gustavo que contracenou com ele em diversas peças, filmes e programas de TV. "Nós nunca brigamos. Nem nunca discutimos. Só sorrimos. E seguramos a mão um do outro nos momentos difíceis."
 

No iInstagram, Padre Fabio de Mello escreveu um texto emocionante para a mãe de Paulo Gustavo, Déa Lúcia Vieira. "Eles eram dois? Nem sei. O que sei é que, se escavassem um, encontrariam o outro"
 

O ex-presidente Lula também lamentou a morte do ator. "A covid levou hoje mais um de nós. Um grande brasileiro, que brindou nosso país com tanta alegria", escreveu em um tweet. 
 
"Hoje a vida perdeu um pouco da graça. O Brasil perde um pedaço precioso seu. Que triste é ter que viver num mundo sem Paulo Gustavo", escreveu o também comediante Fábio Porchat. 
  A apresentadora Sabrina Sato publicou um vídeo de uma entrevista com Paulo Gustavo. Nas imagens, o marido, Thales Bretas, e os dois filhos, Romeu e Gael, aparecem para dar um "oi" para as câmeras. "Você viverá sempre em nossos corações e nas lembranças mais lindas das nossas vidas", escreveu Sato no tweet.
 
Carreira

Paulo Gustavo nasceu em Niterói, no Rio de Janeiro, e iniciou a carreira em 2006, quando foi indicado ao prêmio Shell no ano de estreia de Minha Mãe é uma Peça, comédia que montou para o teatro e que o consagrou nacionalmente quando foi adaptada para o cinema. 

Na personagem Dona Hermínia, Paulo Gustavo homenageou sua própria mãe, Dea Lúcia, em uma interpretação que conquistou a identificação do público e garantiu a continuação, Minha Mãe é uma Peça 2, que também foi sucesso de bilheteria.

Em 15 anos de carreira, Paulo Gustavo fez cinco peças de destaque para o teatro e também atuou na TV, com cinco programas no canal Multishow: 220 Volts – A Série, Vai Que Cola, Paulo Gustavo na Estrada, A Vila e Além da Ilha.

Paulo Gustavo casou-se em 2015 com Thales Bretas, com quem tem dois filhos: Romeu e Gael, de um ano e oito meses.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

91.2%
6.1%
2.7%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp