15/12/2020 às 12h14min - Atualizada em 17/12/2020 às 10h40min

Marcas esportivas são as favoritas da geração Z no Brasil

As preferências foram registradas entre 300 mil usuários no Brasil que adicionaram tags mostrando seus interesses em seu perfil na rede social Yubo

SALA DA NOTÍCIA Carlos Silva
Pixabay

Quando se trata de poder de compra, a geração Z é o público-alvo de marcas em todo o mundo. Principalmente porque essa geração não sabe o que é o mundo sem a internet e, portanto, a familiaridade com a tecnologia e os conteúdos digitais os aproximam das compras no e-commerce.

Estimativas de mercado apontam, por exemplo, que esses jovens chegam a compartilhar cinco telas ao mesmo tempo, entre computador, celular, TV, consoles e até acessórios, como smartwatches. A geração Z é um grande ponto de venda das marcas. O que elas pensam é economicamente importante.

Pensando nisso, a Yubo, plataforma social voltada para a geração Z, divulgou as preferências de seus usuários quando se trata de 46 marcas disponíveis no mercado. Esses dados vêm de um serviço de tag exibido na Yubo para que os usuários selecionem suas  marcas favoritas. A pesquisa foi respondida por 300 mil usuários no Brasil que adicionaram Tags mostrando seus interesses nos perfis Yubo. No Brasil, os dados mostraram que marcas esportivas, como Nike, Adidas e Air Jordan, estão no topo da lista de preferência entre os usuários.

A Nike ficou em primeiro lugar na lista de preferência, com mais de 29.000 jovens selecionando-a como uma marca de interesse, seguida pela Adidas (19.600) e Air Jordan (9.400). Completando o Top 10 estão Gucci (8.800), Puma (7.200), Supreme (6.000), Louis Vuitton (5.900), Vans (5.000), Victoria's Secret (4.600) e Chanel (4.500).

“Parte muito ativa da população na internet, a geração Z tem o poder de afetar as marcas por suas preferências e pelo que ela acha que realmente deve ser levado em consideração para empresas de todo o mundo. Sua influência online pode ser mais valiosa para uma marca do que certos tipos de pesquisas de comportamento do cliente ”, diz Sacha Lazimi, CEO e cofundador da Yubo.

A Yubo, plataforma social sem métricas, chegou ao Brasil recentemente e o país já se tornou o 3º com mais usuários na plataforma, com 1,7 milhão de brasileiros cadastrados, apresentando crescimento de 1300% no país entre março e setembro. A plataforma francesa concluiu recentemente a rodada de financiamento da Série C com captação de US$ 47,5 milhões. Como parte da rodada, Jerry Murdock, cofundador da Insight Partners (que fez investimentos expressivos no Twitter, Snapchat, TrueCaller), também se tornará um membro independente do conselho da Yubo.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

91.6%
5.8%
2.6%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp