29/06/2023 às 20h51min - Atualizada em 30/06/2023 às 00h00min

Tecnologia semelhante à da aviação é usada para dar mais segurança no trânsito

Equipamentos com sensor doppler trazem mais uma vantagem: a certeza de que todos os veículos serão monitorados, inclusive motocicletas trafegando em entre faixas

SALA DA NOTÍCIA PAULA BATISTA
Perkons
Inovações que salvam vidas. A Perkons, empresa brasileira especializada em gestão e segurança no trânsito, marca sua história investindo sempre no desenvolvimento de novos produtos e serviços que ofereçam a pedestres, ciclistas e condutores soluções voltadas à redução de mortes no trânsito. Uma dessas inovações está chamando a atenção do país. Apesar de não ser um lançamento, a tecnologia baseada em sensor Doppler começa a chegar a mais cidades brasileiras. Também chamada de não-intrusiva, tem dois importantes propósitos: salvar vidas e evitar o excesso de velocidade.
          A empresa já instalou equipamentos com sensor Doppler em diversos municípios do Brasil, como Curitiba, Londrina, Maringá e São José dos Pinhais, no Paraná, além de outras nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Maranhão e Pernambuco. Essa inovadora tecnologia de fiscalização eletrônica de velocidade oferece, além diversos benefícios, uma importante vantagem: a certeza de que todos os veículos serão monitorados, inclusive motocicletas trafegando em entre faixas, o que traz mais segurança para todos os usuários da via.
Conhecendo mais sobre a tecnologia Doppler
          Os equipamentos de fiscalização eletrônica não-intrusivos assim são chamados porque não necessitam de instalação de sensores no asfalto. O gerente de Desenvolvimento da Perkons, Adriel Silva, explica que esse diferencial é muito importante para as cidades. “Como o pavimento asfáltico não é cortado para a instalação dos sensores, a vida útil do asfalto, por exemplo, é prolongada. Além disso, não há necessidade de interromper o fluxo da via para a instalação ou manutenção dos equipamentos, evitando, assim, transtornos com os bloqueios”, enumera.
          Outra grande vantagem é o fato desse equipamento ser capaz de detectar qualquer objeto em movimento em toda a sessão transversal da via, inclusive na entre faixa, não deixando regiões sem monitoramento. “A tecnologia doppler é muito eficaz para esse tipo de detecção em entre faixas quando comparado com os antecessores laços indutivos”, comenta Silva.
Outra questão a ser esclarecida. “Na geração anterior de equipamentos, com laços indutivos, muitos condutores costumavam frear somente nos sensores de medição visíveis no asfalto, voltando a acelerar, extrapolando o limite da via. Com a tecnologia não-intrusiva estes condutores não visualizam mais o exato ponto de medição, já que não existe sensor instalado no pavimento, e o ponto de captura de imagem pode variar de acordo com a geometria da via ou características do fabricante do medidor de velocidade” finaliza.
Sobre a empresa
A Perkons, que hoje está presente em 26 estados e em 528 municípios do país, monitora cerca de 6 bilhões de veículos/ano, e lidera o segmento de gestão de trânsito no Brasil. A empresa estima que ao longo de 32 anos de existência ajudou a salvar a vida de mais de 80 mil pessoas com as soluções desenvolvidas, aplicadas e monitoras pela companhia.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp