03/05/2023 às 16h22min - Atualizada em 04/05/2023 às 00h00min

Como economizar no supermercado e fugir dos preços altos?

Vários alimentos foram impactados pela inflação, como o arroz, que em 2020 teve aumento de 76% no seu preço

SALA DA NOTÍCIA Joaquim Silva
Reprodução: Montagem /TV Foco.
 

Ao longo dos últimos anos, a inflação tem sido motivo de preocupação em diversos países ao redor do mundo, tanto os considerados de primeiro mundo, como os em desenvolvimento. 

 

Os valores dos serviços e bens sofrem com taxas elevadas que afetam a qualidade de vida e impactam diretamente o crescimento econômico. 

 

Nos últimos anos, especialmente no período da pandemia da covid-19, vários alimentos foram impactados pela inflação, como o arroz, que em 2020 teve aumento significativo de 76%, ocasionado pela alta do dólar e aumento das exportações.

 

O feijão também sofreu com a inflação no mesmo ano, com uma valorização que ultrapassou 50% em diversas regiões ao redor do Brasil. Nem a carne bovina escapou, com um aumento de  35% nas maiores regiões do país.

 

A diminuição da oferta, causada por fatores como a redução do rebanho nacional, foi um dos responsáveis por essa valorização, bem como o aumento das exportações.

 

Neste cenário, fazer compras no supermercado tem sido, cada vez mais, encarado como um exercício de paciência, análise e busca pelos melhores preços.

 

Sejam os altos valores que encontramos em todas as prateleiras ou o salário que não condiz com o tempo de serviço, grande parte da população ainda vê a ida ao mercado como motivo de aflição. 

 

Infelizmente, é impossível fugir dos gastos com mercado e alimentação! Por isso, neste artigo, separamos algumas dicas especiais para você economizar na próxima compra, sem ser necessário deixar o carrinho vazio. Confira!

É possível economizar no supermercado?

Sim, mesmo com o aumento de preços dos produtos nos últimos anos, é possível economizar com as compras de supermercado. Nesse cenário, há algumas dicas de como abastecer a dispensa gastando menos e garantir a sua saúde financeira.

1. Faça uma lista

Antes de ir ao supermercado, é essencial anotar todos os itens que realmente precisa, de preferência, destacando a quantidade. Como: 2kg de arroz, 500g de queijo e 4 unidades de detergente.

 

Dessa forma, fica mais fácil evitar que sejam comprados itens por impulso e o gasto de dinheiro com produtos que você não precisa. 

 

Claro que você pode lembrar de algo no meio do caminho e adicionar na lista, ou resolver que quer comprar um produto diferente naquele mês. Mas a lista é uma boa maneira de lembrar o que é realmente necessário. 

2. Tenha em mente o quanto vai gastar

Ter uma expectativa de gasto definida antes de entrar no mercado é umas das dicas mais valiosas. Assim, você não corre riscos de comprometer o seu orçamento. O ideal é aplicar a primeira dica com esta, e fazer uma lista com limite de gastos para cada produto.

 

Dessa forma, quando chegar no mercado, não haverá grandes surpresas ou gastos desnecessários. Pode ser de grande ajuda levar apenas o dinheiro que você planeja gastar para evitar gastos extras.

 

Caso você tenha necessidade de fazer compras com frequência, essa dica de estimar despesas pode ser útil se você criar um planejamento semanal ou mensal de compras. O ideal, neste caso, é evitar compras supérfluas e duplicadas. 

3. Faça comparações 

Seria muito mais simples se você pudesse apenas entrar no supermercado da sua preferência e comprar os primeiros produtos que encontrar, sem se preocupar com os preços. Porém, quando falamos em economizar, é importante pesquisar e verificar os produtos disponíveis, uma vez que há marcas mais em conta que outras.

 

Às vezes o mesmo produto pode ser encontrado com preços significativamente distintos, com poucos centavos a menos ou a mais, que vão fazer a diferença na hora de pagar. 

 

Sendo assim, verifique os preços dos produtos para encontrar a melhor oferta que atende ao seu bolso. 

4. Coma antes de ir ao mercado 

Um estudo feito por pesquisadores da Universidade Cornell, em Ithaca, Nova York (EUA), revelou que os consumidores que vão às compras com fome, tendem a comprar mais e a escolher alimentos com alto valor calórico.

 

Assim, o ideal é ir ao supermercado apenas quando estiver bem alimentado, já que a fome pode ser um impulsionador de decisões irracionais e pouco saudáveis. Nesse caso, o consumidor adquire um produto supérfluo que, normalmente, não estaria no seu carrinho de compras, apenas para satisfazer uma necessidade imediata.

 

Vale reforçar, ainda, que existe uma diferença crucial entre fazer compras com fome e com o apetite aguçado, pois, enquanto apetite é a sensação de vontade de comer, a fome já é uma necessidade física do corpo.

5. Esteja atento às promoções e ofertas

Entre as estratégias mais conhecidas pelas redes de supermercado para manter o local sempre movimentado estão as promoções do dia.

 

Então, antes de fazer uma compra, verifique se aquele é o melhor dia para comprar frutas, verduras ou carnes e leites, por exemplo. Afinal, quando o assunto é economia, qualquer centavo a menos conta.

 

Você pode acompanhar as ofertas tanto pelos anúncios na televisão quanto pelos aplicativos dos próprios mercados. Ou, ainda, pelo bom e velho jornalzinho distribuído pelas redes.

6. Aposte em alimentos não perecíveis de grande quantidade

Alimentos não perecíveis são comumente conhecidos por ter uma durabilidade maior. Dessa forma, uma dica valiosa é comprar coisas como arroz, macarrão e feijão em pacotes maiores que podem ser guardados por mais tempo. Essa escolha pode ser mais econômica do que comprar pequenas quantidades em cada ida ao mercado. 

7. Evite ir ao mercado apenas uma vez ao mês

Muita gente prefere fazer compras do mês em apenas um dia, mas o que poucos sabem é que ir ao supermercado mais de uma vez pode ajudar na escolha exata dos itens necessários, além de auxiliar na hora de ter um controle sobre o preço médio do que está entrando no seu carrinho.

 

É uma dica pouco usada, mas que vale muito! Especialmente para o seu bolso. 

 

Seguindo essas dicas você pode fugir dos preços altos, produtos caros, e de quebra, contar com a organização e disciplina para fazer boas compras sem gastos excessivos.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp