05/04/2021 às 08h33min - Atualizada em 05/04/2021 às 08h33min

Indiciados por farra do boi em Bombinhas podem pagar multa de até R$ 10 mil

Um associação criminosa voltada para a prática funcionava em outras cidades de SC

Redação Agora Joinville
Polícia Civil
Durante uma investigação da Polícia Civil, foi identificada uma associação criminosa voltada à prática de crimes ambientais, entre eles a farra do boi, prática que acontecia desde 2020. A associação não atuava só em Bombinhas, mas em toda região, incluindo Porto Belo, Tijucas e Governador Celso Ramos. 

Foram identificados na investigação o responsável pelo fornecimento dos animais em Tijucas, o responsável em São José, na Grande Florianópolis, pelos transportes dos animais e um organizador da farra do boi em Bombinhas. Além destes, diversas pessoas que financiam ou participam do crime.

Os investigados foram indiciados por crime de maus-tratos, associação criminosa e receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Segundo o Delegado de Polícia Ricardo Melo, tal prática constitui crime com pena de multa de até R$ 10.000 e, em caso de reiteração, poderá ser representado à Justiça pela prisão preventiva dos envolvidos.

No último fim de semana um animal foi sacrificado após ser capturado pela polícia fugindo de uma farra do boi em Bombinhas. Cerca de 50 pessoas participavam do crime. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

92.1%
5.3%
2.6%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp