02/04/2021 às 08h36min - Atualizada em 02/04/2021 às 08h36min

Temos que evitar as medidas proibitivas, diz governadora Daniela Reinehr

Um novo decreto deve ser discutido neste fim de semana

Redação Agora Joinville
Rede Catarinense de Notícias
A governadora interina Daniela Reinehr e a nova secretária de Estado da Saúde de Santa Catarina, Carmen Zanotto, cumpriram nessa quinta-feira (1º) uma visita as instalações da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em São José, na Grande Florianópolis, para acompanhar o estoque de vacinas contra a Covid-19, que recebeu o reforço de mais 300 mil doses pela manhã.

Durante uma conversa com a imprensa, Daniela falou a respeito das novas medidas que serão discutidas amanhã (3), visto que o decreto vigente tem validade apenas até a próxima terça-feira (6). "Já temos as medidas restritivas. Temos que evitar as medidas proibitivas. A ideia é não fechar", disse a governadora. 

Carmen Zanotto, que estava cumprindo a agenda no primeiro dia no cargo, afirmou que a pasta vai "respeitar critérios técnicos" na tomada de decisões e que ainda não há definição sobre as regras para um novo decreto restritivo em Santa Catarina. Ela também evitou falar sobre medidas restritivas específicas e defendeu que seja implementado "aquilo que já vinha sendo feito". Segundo ela, "não dá para acreditar que só existe uma verdade - a nossa verdade - no combate à pandemia" e "não dá para ter uma regra única".


Na imagem: Carmen 
Zanotto, nova secretária de Estado da Saúde de Santa Catarina. Foto: Murici Balbinot

Nenhuma das duas foi taxativa em descartar medidas mais rígidas, como um lockdown por exemplo, mas endossaram que, se houver necessidade, deverá ocorrer de forma regional. Zanotto destacou o exemplo de Lages, que fechou atividades não essenciais para frear o avanço da pandemia e conseguiu bons resultados.

Além disso, a deputada federal licenciada destacou que reconhece o trabalho feito até então e que não haverá "terra arrasada", ou seja, indicou que aproveitará boa parte do trabalho deixado pelo ex-secretário André Motta Ribeiro.

Ao lado da nova secretária, a governadora interina endossou as palavras da saúde. De máscara, Daniela pediu para os catarinenses manterem os hábitos preventivos como distanciamento social e higiene, e pediu para que os sintomáticos procurem o sistema de saúde o mais rápido possível. Ela também anunciou que a destinação de 500 policiais militares somente para fiscalização das medidas da Covid será prorrogada.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

91.3%
6.0%
2.7%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp