01/04/2021 às 08h41min - Atualizada em 01/04/2021 às 08h41min

Assalto Criciúma: MPSC denuncia 16 pessoas por organização criminosa

Seis delas são membros importantes da facção paulista

Redação Agora Joinville
Reprodução
O Ministério Público de Santa Catarina indiciou 16 pessoas por organização criminosa responsável pelo assalto ao Banco do Brasil que aconteceu na noite do dia 30 de novembro de 2020, em Criciúma, Sul do Estado.

Dessas 16 pessoas, 13 já estão presas e outras três estão foragidas. Ainda dentro desse grupo suspeito, existem seis pessoas que ocupam funções importantes dentro da facção paulista, a responsável pelo assalto.

"Com a ação criminal, proposta no dia 11 de fevereiro, os envolvidos respondem ao processo perante à Justiça, por crimes previstos na Lei nº 12.850/13", escreveu a Polícia Civil em um comunicado. 


PM Jeferson Luiz Esmeraldino, ferido durante o assalto.

Durante o assalto, um policial militar foi atingido por um tiro de fuzil no abdômen durante um confronto com os assaltantes que tomaram a cidade de Criciúma. O PM Jeferson Luiz Esmeraldino, 32 anos, ficou pouco mais de dois meses internado e recebeu alta médica no dia 5 de fevereiro. 
 
Publicado por 9º Batalhão de Polícia Militar - Criciúma/SC em Sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

91.0%
6.4%
2.6%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp