Produção de grãos em Santa Catarina deve cair 4,7% neste ano

Estiagem é o principal motivo para a queda. Milho é a cultura mais afetada, com redução de -10,3% da produção em relação ao ano anterior

Foto: Foto: Divulgação

A safra catarinense dos principais grãos - arroz, feijão, milho e soja - deverá ser de 6,14 milhões de toneladas em 2020, uma redução de 300 mil toneladas (-4,7%) em relação às 6,44 milhões registradas na safra anterior. O principal motivo é a estiagem. Segundo projeções da meteorologia da Secretaria de Estado da Agricultura, neste ano a maioria das regiões registrou redução de 300 mm na precipitação em relação à média histórica, chegando a 500 mm de diferença em algumas localidades da Serra e do Oeste.

A cultura mais afetada foi o milho. Nesta safra serão colhidos 2,59 milhões de toneladas do grão, queda de -10,3% em relação aos 2,89 milhões colhidos no ano anterior. Segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de SC (Epagri), as perdas são ainda piores em algumas regiões. 

"As regiões de Curitibanos (-25,2%) e Campos de Lages (-42,9%) apresentam maior estimativa de redução da produtividade, por serem as mais afetadas pela falta de chuvas e pelo forte calor em fevereiro e março, o que potencializou as perdas", explicou a Empresa em relatório.

A soja também registrou perdas importantes em relação ao ano passado. Nesta safra serão produzidas 2,31 milhões de toneladas do grão, 40 mil a menos que as 2,35 milhões registradas em 2019, queda de -1,92%. As perdas estimadas para esta safra devido à estiagem chegam a R$ 199 milhões.

Entre as principais culturas, o único grão que registrou resultado positivo em relação a safra anterior foi o arroz, com 1,15 milhão de toneladas produzidas em 2020 contra 1,10 milhões em 2019, alta de 4,31%. De acordo com a Epagri, o fato da estiagem não ter sido tão severa nas principais regiões de cultivo de arroz, como o Sul do Estado, e a baixa produtividade da última safra são as principais razões para a alta na produção deste ano. 

Comparação entre as safras em Santa Catarina:


Cenário Nacional

Apesar da estiagem que afetou a região Sul, especialmente Santa Catarina e o Rio Grande do Sul, o volume de grãos produzidos no Brasil deverá crescer este ano. Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), deverão ser produzidas 250,9 milhões de toneladas de grãos em território nacional, alta de 8,8 milhões de toneladas (3,6%) em relação a safra anterior. 

Os destaques são as culturas de milho e soja, que devem bater recordes de produção neste ano. O milho deve atingir uma produção de 102,3 milhões de toneladas, alta de 1,5% em relação a safra anterior. Já a soja deve contabilizar uma produção de 120,3 milhões de toneladas, crescimento de 4,6% em relação ao ano passado.