18/07/2022 às 10h53min - Atualizada em 19/07/2022 às 06h20min

Consignado do Auxílio Brasil aguarda sanção de Jair Bolsonaro

SALA DA NOTÍCIA Boost Assessoria de Imprensa
Internet

O Senado aprovou, nas últimas semana, a MP que libera empréstimo consignado a beneficiários do Auxílio Brasil. O texto é estipulado em um limite de até 40% do valor recebido por meio do programa assistencial. A proposta agora aguarda sanção presidencial.

O objetivo do crédito consignado é permitir que o cidadão retire uma parte do dinheiro, pagando de volta ao governo na forma de descontos no valor do Auxílio Brasil. Ou seja, se o cidadão ganha R$ 400 por mês, 40% desse valor deverá ser comprometido por mês até o fim da dívida.

Facilidade 

Embora o cidadão possa ter que recorrer ao banco para receber os empréstimos, através do correspondente bancário não é preciso ir a nenhuma agência. Funcionando como um "banco ativo", o correspondente bancário serve para facilitar o atendimento. 

"O correspondente é mais ativo que o banco. A pessoa tem que ir até o banco quando tem alguma dúvida ou quer receber algo, já o correspondente é mais rápido no atendimento, ele vai até a pessoa e efetua o serviço", comenta Jefferson Ribeiro, fundador do método Aprova Bancários.

Para Jefferson, o atendimento de um correspondente facilitará o sistema do consignado do auxílio Brasil, se sancionado.  "Para o lado do cliente, o atendimento personalizado do correspondente é muito facilitador", comenta. 

Quem tem o direito de receber

Qualquer beneficiário do Auxílio Brasil poderá recorrer ao empréstimo. Basta ir até um banco ou correspondente bancário.

Já para receber só o auxílio, primeiro serão os cidadãos que ingressaram no programa em dezembro de 2021. Ao todo, 6,6 milhões de famílias deverão receber o novo cartão. A intenção, no entanto, é fazer a substituição do cartão para todos.

De acordo com o Ministério da Cidadania, os cartões emitidos são apenas para as famílias que recebem o benefício na modalidade poupança social digital e tiveram o benefício concedido a partir de dezembro de 2021. 

Qualquer dúvida o cidadão pode ligar para a central de atendimento da Caixa, nos telefones 4004-0104, para capitais e regiões metropolitanas, ou 0800-1040104, para as demais regiões. Também é possível saber informações nas agências do banco.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp