18/02/2021 às 08h54min - Atualizada em 18/02/2021 às 08h54min

Habeas corpus é concedido por desembargador e Belo será solto

O cantor foi preso na tarde dessa quarta-feira

Redação Agora Joinville
João Gabriel Alves/ Agência Enquadrar
Menos de 24 horas preso, o habeas corpus da defesa do cantor Belo foi aceito pelo desembargador Milton Fernandes de Souza que mandou expedir um alvará de soltura. A decisão foi tomada na madrugada desta quinta-feira (18), por volta das 1h20. 

O cantor foi preso no início da tarde dessa quarta-feira (17) quatro dias depois de promover aglomeração em um show no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio. A polícia alegou que o cantor, dois produtores e um traficante são investigados por violarem um decreto municipal que proibia aglomerações no carnaval. Belo responderá pelos seguintes crimes: infração de medida sanitária; crime de epidemia; invasão de prédio público; associação criminosa.

"O cantor Belo, sua família e equipe estão surpresos e consternados com o mandado de prisão preventiva cumprido pela Polícia Civil do Rio de Janeiro", escreveram em um post no Instagram. A equipe do cantor alegou que o show foi "legalmente contratado pela produtora Série Gold". 

"A equipe de Belo também se pergunta se a situação seria a mesma caso o show ocorresse em bairros da Zona Sul e com artistas de gêneros musicais menos negligenciados do que o pagode." Ainda no post, o cantor pediu desculpas por ter se apresentado em uma aglomeração. 


"Amanhecemos com a nossa casa invadida. Prisão e pesadelo", escreveu Gracyanne Barbosa, esposa do cantor, em um post no Instagram. "A opressão da realidade de uma periferia, que sempre lutamos contra, hoje atinge a realidade de um artista, em que é proibido sair para trabalhar", acrescentou. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

91.0%
6.2%
2.8%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp