08/02/2021 às 11h14min - Atualizada em 08/02/2021 às 11h14min

SC recebe mais 85 mil doses da Coronavac

O repasse para as regiões do estado começou nesta segunda-feira

Redação Agora Joinville
Governo de SC
Secom
Santa Catarina recebeu nesse domingo (7) mais 85 mil doses da vacina Coronavac contra a Covid-19. Esta é a quarta remessa enviada ao Estado desde o dia 18 de janeiro, totalizando 298,1 mil unidades até o momento.

As doses desse domingo chegaram em um voo no aeroporto de Florianópolis por volta de 14h30min. Elas foram recebidas pelo superintendente do Ministério da Saúde em Santa Catarina, Rogério Mendes Ribeiro, e, na sequência, encaminhadas para a Central Estadual de Rede de Frio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), em São José, na Grande Florianópolis.

O repasse para as 17 unidades regionais da Dive está sendo realizado nesta segunda-feira (8) com o apoio das forças de segurança, para que as doses cheguem com maior agilidade a todos os 295 municípios catarinenses.

"Vamos repetir a fórmula de sucesso que já fizemos nas outras oportunidades, para uma distribuição rápida e eficiente. Todos os setores do Governo do Estado estão mobilizados para que a nossa campanha de vacinação contra a Covid-19 seja um sucesso", afirmou o governador Carlos Moisés da Silva.

Neste primeiro momento, apenas metade das doses recebidas neste domingo, um total de 42,5 mil, será encaminhada para as regionais. O repasse do restante ocorrerá dentro de duas a quatro semanas, o intervalo indicado entre a primeira e a segunda dose da Coronavac. Segundo o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, a ideia é dar início à vacinação de idosos com 90 anos ou mais, além de continuar a vacinação dos trabalhadores de saúde.

Motta Ribeiro esclarece que os trabalhadores da saúde e demais grupos continuarão sendo vacinados mesmo com o início de uma nova etapa, mas a prioridade nesse momento é a vacinação imediata de todos os idosos acima de 90.

"A recomendação é que os municípios iniciem a vacinação dos idosos imediatamente após o recebimento dessas doses e que seja dada prioridade a este público. Nosso objetivo é conseguir vacinar toda essa população, que é altamente vulnerável e que precisa ser protegida, até o fim da próxima semana", ressaltou o secretário.

Os municípios que ainda não finalizaram a primeira etapa vão continuar vacinando, dentro do limite de doses que o Estado recebeu até o momento, até que todos os trabalhadores de saúde sejam contemplados.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

90.9%
4.5%
4.5%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp