Secretaria da Saúde de Joinville orienta profissionais sobre frente de combate ao sarampo

De acordo com números atualizados do Setor de Imunização, Joinville tem 14 (catorze) casos confirmados de sarampo no município, e mais um caso diagnosticado de um paciente residente em Florianópolis, mas que está de passagem na cidade. Há, também, 200 casos suspeitos da doença.

Por Redação Agora Joinville 07/11/2019 - 09:29 hs
Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde de Joinville , por meio do serviço de Vigilância Epidemiológica, reune médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e profissionais da área para uma capacitação sobre condutas frente a casos suspeitos de sarampo e ao atual quadro epidemiológico da doença, no município. A capacitação aconteceu nesta quarta-feira (6/11). 

O ponto central do encontro foi reforçar aos profissionais de saúde, a importância de disseminarem entre a população a necessidade de se vacinar contra a doença. “A vacinação é a única arma que temos contra o sarampo. E os profissionais precisam ter esse olhar. Hoje nos reunirmos com o objetivo de orientar para que tenhamos uma fala alinhada e para que todos estejam trabalhando no mesmo fluxo”, afirmou a médica da Vigilância em Saúde, Monica Behnke Damasio. 

Além de serem orientados a incentivar a população a se vacinar, durante o encontro foi ressaltada a importância de imunização entre os próprios profissionais da área, que também foram instruídos a atentarem-se aos procedimentos que devem ser tomados junto a casos suspeitos de sarampo. Entre as recomendações que a população deve seguir estão procurar uma UBS para verificar sua situação vacinal e, se necessário, ser imunizado; e cumprir eventuais ações de bloqueio determinadas pelo serviço de saúde. 

Todas as pessoas com idade entre seis meses e 49 anos devem se vacinar contra o sarampo. O tempo de ativação imunológica da vacina é de 15 (quinze) dias. O sarampo é uma doença infecciosa grave, que pode levar à morte. É altamente contagioso e, um único doente, pode transmitir a doença para até 18 pessoas. A transmissão ocorre pelo ar, quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. 

Horário ampliado de vacinação 

Para intensificar a vacinação, atendendo à população de todas as regiões do município, a Secretaria de Saúde de Joinville estendeu os horários de atendimento de 18 Unidades Básicas de Saúde (UBS), durante esta semana. Neste sábado e domingo (9 e 10/11), haverá também vacinação no shopping Cidade das Flores, das 14h às 21h. 

Confira a relação das Unidades Básicas de Saúde (UBS) com horário de atendimento ampliado durante esta semana: 

DISTRITO CENTRO – Segunda a sexta-feira

UBSF Bucarein (Bucarein) - até 21h

UBS Bakitas (Boa Vista) - até 20h30

UBSF Dom Gregório (Jardim Iririú) - até 20h

UBSF Moinho dos Ventos (Espinheiros) – até 21h

UBS Parque Joinville (Aventureiro) - até 21h

DISTRITO NORTE – Segunda a sexta-feira – Salas de vacina das 7h às 19h

UBSF Nova Brasília

UBSF São Marcos

UBSF Pirabeiraba

UBSF Costa e Silva

UBSF Parque Douat (Costa e Silva)

UBSF Vila Nova

UBSF Vila Nova 1

UBSF Morro do Meio

DISTRITO SUL – Segunda a sexta-feira:

UBSF Floresta – até 22h

UBSF Bohemerwald – até 21h

UBSF Itinga – até 19h

UBSF Km4 (bairro Santa Catarina) – segundas, quartas e sextas-feiras – até 19h 

Atendimento no sábado e domingo, para toda a comunidade:

UBSF Bucarein – das 9h às 18h

Shopping Cidade das Flores - das 14h às 21h (2º piso)