29/01/2021 às 15h23min - Atualizada em 29/01/2021 às 15h23min

Um em cada quatro catarinenses diz que não tomará vacina

A pesquisa foi feita em sete cidades do estado

Redação Agora Joinville
Rede Catarinense de Notícias
Secom
Uma pesquisa realizada em sete das dez maiores cidades de Santa Catarina apontou que um em cada quatro catarinenses diz que não vai tomar a vacina contra a Covid-19. Ao todo, os que responderam 'não' à pretensão de tomar a vacina somaram 24,4%, contra 63,6% de quem respondeu 'sim'. O estudo ainda contabilizou 6,6% de 'não sabe ou não responderam' e 5,4% de 'depende'. 

Os dados não mostram a razão pessoal que motivou a resposta, mas trazem o recorte por escolaridade. Em geral, catarinenses sem ensino superior tendem a refutar mais a vacina, enquanto catarinenses com ensino superior são mais otimistas com o imunizante.

Entre os que dizem que não vão tomar a vacina, há superioridade daqueles sem ensino superior, 73%, contra 27% que têm mais escolaridade. Entre aqueles que pretendem tomar a vacina, a proporção cai para 58,8% sem ensino superior e 41,2% com ensino superior. 


A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de SC (Fecomércio/SC), que realizou o estudo, vê os dados com preocupação. Segundo a entidade, é um índice alto de pessoas que não querem tomar a vacina em relação ao necessário para que a população esteja protegida com o um todo.

Neste sentido, a vacina perde em popularidade para o álcool em gel: 71,4% consideram importante um estabelecimento comercial disponibilizar o produto, enquanto 53,3% diz que valoriza locais em que os trabalhadores usam máscara. 

Outros itens de segurança sanitária, como limitação de pessoas em cada estabelecimento (36,7%), exigência do uso de máscaras para os clientes (34,7%), e a medição de temperatura (32,3%) também foram citados. 

A pesquisa foi realizada entre 26 de dezembro e 12 de janeiro. A metodologia foi quantitativa e a coleta de dados ocorreu por telefone considerando consumidores das cidades de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e Itajaí. O erro amostral é de 5%, com significância estadual de 95%. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

90.9%
4.5%
4.5%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp