22/01/2021 às 23h46min - Atualizada em 22/01/2021 às 23h46min

Primeira idoso a tomar a vacina contra a covid-19, em Joinville, foi professor de ciências

Independentemente de ser o primeiro, o importante é estar imunizado, disse Paulo Roland Unger

Redação Agora Joinville
Secom
Paulo Roland Unger recebndo a primeira dose da vacina. Foto: Secom.
A vacinação dos assistidos em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) contra a Covid-19 teve início nessa quinta-feira (21), em Joinville. O professor Paulo Roland Unger, de 89 anos, recebeu a primeira dose deste grupo. Ele atuou por mais de 50 anos em diversas escolas nas disciplinas de biologia e ciências. 

"Para mim, é mais que uma esperança receber a vacina. Independentemente de ser o primeiro, o importante é estar imunizado", contou o idoso ao relembrar que está há quase um ano em isolamento. 

Depois de Roland, foi a vez de Isolde Laura Scholz, de 103 anos, e Otto Eduardo Kuhr, de 99. Os três são assistidos pelo Ancianato Bethesda, instituição que está no grupo prioritário para receber as doses conforme o Plano Nacional de Imunização. Em Joinville, 882 idosos deste grupo receberão a vacina. 


Isolde Laura Scholz recebendo a primeira dose da vacina. 

No Bethesda, além dos 86 idosos aptos a receber o imunizante, os profissionais de saúde que atuam na instituição também estão recebendo a dose. Representando esses trabalhadores, a técnica em enfermagem Cecília Calcanho de Lima, que atua há 23 anos no local, também foi vacinada.

Assim que mais doses forem disponibilizadas pelo Governo Federal e outros grupos forem contemplados, a Prefeitura de Joinville irá informar sobre o atendimento nas salas de vacina e o agendamento para a Central de Imunização de Joinville, que está sendo montada no Centreventos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor do retorno das aulas presenciais?

57.6%
42.4%