IMA vai analisar qualidade da água em unidades de conservação de SC

Instituto terá laboratório móvel inédito no Brasil que permitirá análises logo após a coleta

Foto: Divulgação/ RCN
IMA vai analisar qualidade da água em unidades de conservação de SC
Laboratório móvel foi inaugurado nesta segunda-feira (11)

O governador do Estado de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, inaugurou nesta segunda-feira (11) em Criciúma, o Laboratório Móvel do Instituto do Meio Ambiente (IMA). Inédito no Brasil, o veículo vai percorrer, especialmente, Unidades de Conservação para pesquisar e analisar a água destes locais, da nascente à foz.


Com o Laboratório Móvel será possível coletar e analisar imediatamente as amostras, verificando por onde a água passa e onde recebe a influência poluidora. O Laboratório vai realizar análises bacteriológicas para a determinação de contaminação por agentes de origem fecal e análises físicas tais como temperatura, oxigênio dissolvido, condutividade, pH, cor, transparência e sólidos sedimentáveis.


Somente no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, a maior Unidade de Conservação de Santa Catarina, por exemplo, existem centenas de nascentes, responsáveis pela formação de mananciais que abastecem a região da Grande Florianópolis, como o Rio da Madre, Cubatão, Maciambu, Capivari e Rio Duna.


O Laboratório Móvel não vai realizar pesquisa de balneabilidade porque as normas da Conama determinam que o material coletado nas praias seja submetido a exames bacteriológicos durante 24 horas, além de serem necessárias cinco semanas consecutivas de coleta para a obtenção de resultado tecnicamente confiável.


O veículo foi doado por meio de Termo de Ajustamento de Conduta realizado pelo Ministério Público e o IMA e a transformação da van em laboratório foi realizada com recursos provenientes de compensações ambientais.