19/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 19/01/2021 às 00h00min

CPI do Rio Mathias é instaurada em Joinville

Primeira reunião está marcada para dia 1º de fevereiro

Redação Agora Joinville
Secom
Está constituída a Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar irregularidades nas obras de macrodrenagem do rio Mathias. Estão definidos os integrantes, bem como o presidente, o secretário e o relator da investigação. O presidente será o vereador Wilian Tonezi (Patriotas), a secretaria caberá a Neto Petters (Novo) e o relatório está sob responsabilidade de Diego Machado (PSDB). Também são membros da comissão os vereadores Claudio Aragão (MDB) e Luiz Carlos Sales (PTB).

A comissão terá 60 dias úteis para conduzir os trabalhos a partir do início do período ordinário da Câmara. O prazo, caso necessário e justificado, pode ser prorrogado por ainda outros 45 dias úteis. A primeira reunião da CPI está marcada para o dia 1º de fevereiro, às 9h, na Sala de Comissões. Os vereadores vão convidar o atual secretário de Infraestrutura do município para uma conversa inicial.

A criação se segue ao primeiro documento coassinado por todos os vereadores, o Requerimento 1/2021. A CPI tem como objetivo analisar “a demora na conclusão, os impactos financeiros e a execução dos contratos referentes às obras do Rio Mathias”. A macrodrenagem do afluente do Rio Cachoeira começou em junho de 2014 e já cruzou diversas ruas de bairros da região central e do próprio Centro de Joinville.

Presidente da CPI, Tonezi afirmou que a investigação foi uma das suas principais defesas na campanha e disse que “a população joinvilense anseia por respostas sobre essa obra que destruiu empregos, destruiu empresas”. Afirmou, ainda, que manterá aberto o diálogo na condução da CPI.

Recesso

Durante a sessão de composição da CPI do Rio Mathias, os vereadores também decidiram que a Proposta de Emenda à Lei Orgânica nº 01/2021, de redução do recesso parlamentar de 46 para 31 dias, e o Projeto de Resolução nº 01/2021, de ampliação do tempo das sessões ordinárias, serão discutidos na sessão extraordinária desta quarta-feira (20).
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

91.3%
4.3%
4.3%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp