24/11/2021 às 18h28min - Atualizada em 25/11/2021 às 00h00min

Na Alemanha, empresas associadas ao Brazilian Health Devices fecham USD 250 mil em novos contratos

Participação brasileira na MEDICA Fair deve gerar mais USD 3.100.000,00 em exportações nos próximos 12 meses

SALA DA NOTÍCIA Agência Pub
ABIMO
Após um ano de pandemia, a retomada da MEDICA — maior feira de dispositivos médicos do mundo — trouxe um volume de negócios acima do esperado para as indústrias brasileiras que estiveram no evento, realizado de 15 a 18 de novembro, em Düsseldorf, na Alemanha. Pela 19ª vez, o Brazilian Health Devices (BHD), projeto de exportação da ABIMO — Associação Brasileira da Indústria de Dispositivos Médicos, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), garantiu a presença de dez indústrias brasileiras na feira. E os resultados superaram as expectativas: os contratos fechados renderam US$ 250 mil em negócios imediatos para as empresas participantes.
“Em razão do aumento dos casos de contaminação por Covid-19 na Europa e, principalmente na Alemanha, a edição 2021 contou com um público menor, como havíamos previsto. No entanto, durante os quatro dias de duração, as expositoras brasileiras que estiveram conosco, fizeram 377 contatos com potenciais clientes, que renderam muitos frutos. A expectativa é que as negociações abertas gerem cerca de USD 3.100.000,00 em novas transações nos próximos 12 meses”, explica Larissa Gomes, gerente de Projetos e Marketing Internacional da ABIMO. Das dez empresas presentes, sete estiveram no hall 16, espaço dedicado aos pavilhões nacionais, uma no setor 3, destinado a seção de laboratórios e outras duas no 4, designado para as áreas de Ortopedia e Fisioterapia.
De acordo com Danilo Andrade, gerente de Comércio Exterior da Bioclin, a 11ª participação na MEDICA foi surpreendente. “Os resultados não poderiam ser melhores, tivemos um volume de negociações maior que o esperado. Este ano, fomos a única empresa de laboratórios expositora”, afirmou Danilo Andrade. Já para Flavia Carvalho, especialista em Negócios internacionais da HPBio, um dos diferenciais dessa edição foi ter mais tempo para fazer networking com os distribuidores da Europa. “Esse relacionamento é fundamental para ampliar nossas possibilidades de conquistar novos mercados”, destacou a executiva, que participou da feira pela 15ª vez.

 Sobre a ABIMO
A ABIMO - Associação Brasileira da Indústria de Dispositivos Médicos representa a indústria brasileira de produtos para a saúde que promove o crescimento sustentável no mercado nacional e internacional. Fundada em 1962, a instituição conta com mais de 300 associados e surgiu a partir da ideia de 25 fabricantes de produtos médicos e odontológicos com o objetivo de fortalecer, organizar e regulamentar o segmento. Nesses anos de trabalho, a ABIMO expandiu suas operações de suporte à cadeia produtiva através de conselhos e grupos de trabalho, os quais respondem por todos os aspectos técnicos, operacionais e associativos do setor.

Sobre o Brazilian Health Devices
O projeto setorial Brazilian Health Devices (BHD), executado pela ABIMO em parceria com a Apex-Brasil, tem como missão fomentar as exportações das indústrias de artigos e equipamentos da área da saúde. BHD é a marca que reúne as indústrias exportadoras do setor e as representa internacionalmente. 

Sobre a APEX-BRASIL 
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) tem a missão de desenvolver a competitividade das empresas brasileiras, promovendo a internacionalização dos seus negócios e a atração de investimentos estrangeiros diretos. A Agência também atua de forma coordenada com atores públicos e privados para atração de investimentos estrangeiros diretos (IED) para o país.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a eleição para governador de SC fosse hoje, em quem você votaria?

8.7%
9.7%
65.0%
2.9%
0%
0%
0%
0%
1.0%
3.9%
3.9%
4.9%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp