09/11/2021 às 11h30min - Atualizada em 09/11/2021 às 11h30min

Projeto MenstruAção faz ação solidária no bairro Morro do Meio

O programa aborda a conscientização sobre a pobreza menstrual e incentiva a doação de absorventes

Redação Agora Joinville
Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação

Garantir dignidade ao ato natural de meninas e mulheres menstruarem mensalmente, mostrar que nem toda população feminina da cidade tem acesso a absorventes higiênicos e conscientizar a sociedade para a necessidade de doação desses itens para quem mais precisa. Estes são os propósitos do Projeto MenstruAção, que nesta terça-feira (09), a partir das 14h, faz uma ação solidária no bairro Morro do Meio, zona Sul de Joinville.

A iniciativa também busca mobilizar a Câmara de Vereadores de Joinville para tornar obrigatória a inclusão de kits higiênicos contendo absorventes nos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) e nos presídios da cidade. A mobilização e idealização do projeto é da empresária Elis da Nhaia, que pesquisa o tema da menstruação e a falta de acesso a absorventes higiênicos há dois anos. Proprietária da Coisas de Sofia, uma empresa que produz absorventes reutilizáveis, ela conta que se assustou com os dados da pobreza menstrual no Brasil.

Uma pesquisa da Organização das Nações Unidas (ONU) no país mostrou que uma em cada quatro mulheres já faltou a aula por não poder comprar absorventes. Quase metade destas (48%) tentaram esconder que o motivo foi a falta de absorventes e 45% delas acreditam que não poder ir à aula por falta de absorventes impactou negativamente o seu rendimento escolar.

"Uma mulher tem cerca de 450 ciclos menstruais durante a vida e utiliza, em média, vinte absorventes por ciclo. Considerando estes números, estima-se que sejam usados dez mil absorventes durante toda a idade fértil. Se considerarmos um custo médio de R$ 0,60 por absorvente, chegamos ao valor alarmante de R$ 6.000,00! Ou seja, menstruar custa caro e muitas mulheres não têm acesso ao absorvente adequado", explica Elis da Nhaia.

Conscientização e doação de absorventes em Joinville
Desde maio, quando o projeto iniciou, já foram doados mais de cinco mil absorventes descartáveis e em torno de 130 reutilizáveis em locais como comunidade quilombola Beco Caminho Curto (Pirabeiraba), Projeto Nutre (nos bairros Morro do Meio e Ulisses Guimarães), Casa de Passagem Vó Joaquina, uma escola no bairro Ademar Garcia e Comunidade de Reintegração e Reabilitação Social Eis-me Aqui.

Além da distribuição, o projeto promoveu palestras nessas comunidades sobre o ato de menstruar e dicas de como lidar com esse fenômeno, que deveria ser natural, mas ainda é tratado como tabu na sociedade.

Na próxima ação no Morro do Meio, segundo Elis da Nahia, a ideia é visitar diretamente nas casas alguns moradores para entender melhor as necessidades, além de distribuir mais de 2,5 mil unidades de absorventes. "Queremos fazer um mutirão com os nossos voluntários para ir em casa e em casa entregar os absorventes e conversar com os moradores", explica.

Premiação - Pela relevância do trabalho realizado na cidade, o projeto foi escolhido como um dos três finalistas para receber o Prêmio ODS SC, que reconhece as melhores iniciativas voltadas para o atendimento das metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) no estado. A premiação é realizada pelo Movimento Nacional ODS Santa Catarina. Os ganhadores serão conhecidos na próxima sexta-feira (5/11).

Política pública de combate à pobreza menstrual
Em Joinville, tramita na Câmara de Vereadores projeto da vereadora Ana Lúcia Martins (PT) de combate à pobreza menstrual, que entre outras providências, quer garantir a distribuição de absorventes para mulheres em vulnerabilidade social.

"Vimos que Florianópolis aprovou uma lei municipal importante para combater a pobreza menstrual na capital e, a partir do ano que vem, a Prefeitura de lá vai começar a distribuição nas escolas públicas. É muito importante que iniciativa nesse sentido vire realidade também em Joinville", ressalta Elis da Nhaia.
 

Como ajudar doando absorventes:
De início, a campanha conta com oito pontos de arrecadação que já estão ativos em Joinville. Veja quais são:

Don & Donna – Alexandre Simas

Rua Dr. Plácido Gomes, 308 – (47) 3433-2959

 

Dra Natacha Machado

Rua Marechal Deodoro, 84 Clínica Vitae – (47) 98807-6005

 

Dra Priscila S. Dornéles

Rua Eduardo Krisch, 34 – (47) 3029-4042

 

Fraldas Ecológicas Mamalê

Rua Triangulum, 291 – (47) 99671-8326

 

Inspire Sua Beleza e Bem Estar

Rua São Paulo, 1182 sala 28 – (47) 3207-7921

 

Mahara Essencial

Rua Frederico Hubner, 181 – (47) 3085-2368

 

Sussurra Boutique Sensual

Rua Otto Boehm, 1170 – (47) 3028-6769


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a eleição para governador de SC fosse hoje, em quem você votaria?

7.9%
9.0%
67.4%
2.2%
0%
0%
0%
0%
1.1%
3.4%
4.5%
4.5%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp