03/11/2021 às 17h56min - Atualizada em 04/11/2021 às 00h00min

Estudantes do Colégio Mary Ward fazem “esquenta” para eleições de 2022

Projeto Ideologias Políticas envolve as disciplinas de História e Português no Ensino Médio

SALA DA NOTÍCIA Rita Martins
Divulgação
O Colégio Mary Ward, localizado na zona leste de São Paulo, promove nesta quinta-feira (04/11/2021) um debate com simulação de uma eleição com os alunos das três séries do ensino médio. A atividade, que faz parte do projeto Ideologias Políticas, colocará os alunos como candidatos ou mediadores ou jornalistas que irão fazer perguntas aos partidos. Outros estudantes atuaram na assessoria política, pesquisando os melhores tópicos a serem abordados ou, então, na divulgação pelas redes sociais. 

O projeto é realizado desde 2018 e, segundo o professor de História e Atualidades, Bruno Romano Rodrigues, que orienta os alunos do 3º ano do EM, a cada ano vem conquistando mais inscritos. “A participação é voluntária e o engajamento é grande”, diz. Ele explica que as regras podem se modificar a cada ano, pois são os alunos que, reunidos, as decidem. “O intuito é colaborar para a construção da cidadania e do espírito crítico. Esse ano, por exemplo, eles optaram por quatro ideologias: Liberalismo, Social-Democracia, Socialismo e Anarquismo, construídas no decorrer dos séculos 18, 19 e 20. Já houve ano em que foram seis as ideologias políticas escolhidas”, lembra o professor Bruno Romano. 

Os limites também fazem parte do jogo político, nada de ideologias que não aceitam o pacto democrático, como o Nazifascismo. “Não faz sentido ideologias com discurso de ódio no ambiente escolar e numa democracia”, acrescenta o professor do Colégio Mary Ward.

Também não pode haver nomes de partidos e políticos da vida real, sob pena de ser excluído do debate. “A ideia do projeto é trabalhar com as bases do pensamento político. E não há a menor intenção de correr riscos, acirrando paixões que prejudicariam o desenvolvimento do projeto”, esclarece o mestre.

Na disciplina de História, durante o desenvolvimento do projeto, os alunos fundaram os partidos políticos, desenvolveram a estratégia e os temas e nas aulas de Redação, com o professor do Colégio Mary Ward, Tiago Salomon Bezerra Mouallem foi montada uma oficina para que fossem desenvolvidos os Manifestos de cada partido.

Debate e votação 
Caso a eleição não seja concluída no 1º turno, haverá alguns minutos a mais para que os candidatos defendam suas ideias e, logo na sequência, será realizada a segunda votação (no mesmo dia). 
 
Os jovens criaram oito partidos fictícios: dois com o ideário Social-Democrata: o PRI e o PSD; o Liberalismo conduz as diretrizes do PLI e do PLIB; o Socialismo está presente nas ideias do PCP e do MCB; e o Anarquismo direciona o MFL e o CAP. 

O intuito do professor Romano é desconstruir a ideia de ideologia ou política como algo negativo e  auxiliar os jovens a compreenderem como são as matrizes dos pensamentos, as ideias, as maneiras de pensar a sociedade. O envolvimento de todos motiva o mestre e uma das consequências do projeto é a vontade dos jovens de participarem da vida política. As conexões foram feitas com a vida real e muitos alunos do 3º ano do Ensino Médio já fizeram ou pretendem fazer o título de eleitor para votar nas eleições em 2022, mesmo sem terem completado 18 anos.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a eleição para governador de SC fosse hoje, em quem você votaria?

7.9%
9.0%
67.4%
2.2%
0%
0%
0%
0%
1.1%
3.4%
4.5%
4.5%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp