09/09/2021 às 11h35min - Atualizada em 09/09/2021 às 11h35min

Secretaria da Saúde lança podcast focado na conscientização e prevenção ao suicídio

Primeiro episódio já pode ser ouvido na plataforma SoundCloud

Redação Agora Joinville
Prefeitura de Joinville
Foto: Divulgação/Prefeitura de Joinville

O 10 de setembro é marcado como Dia Mundial da Prevenção do Suicídio e nesta quinta-feira (9), estreia o primeiro episódio de um podcast sobre saúde mental, produzido pela Secretaria da Saúde da Prefeitura de Joinville. Esta é uma das ações realizadas durante o Setembro Amarelo com objetivo de conscientizar sobre o tema.

 

Ao todo, serão quatro episódios dedicados à saúde mental. O primeiro, que foi ao ar nesta quinta-feira, tem como tema “Setembro Amarelo: falar é a melhor opção”. O episódio aborda questões como os sinais que uma pessoa apresenta quando pensa em suicídio e como preveni-lo. O episódio pode ser ouvido na plataforma de streaming SoundCloud.

Os próximos episódios são: “A evolução do tratamento em saúde mental: da reforma psiquiátrica ao momento atual”, “A saúde mental da criança e do adolescente no retorno escolar em tempos de pandemia” e “Nutrição e Saúde Mental”.

 

No dia 13 de setembro, às 10h, será aberta, no Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC), uma exposição com trabalhos artísticos elaborados por usuários do SOIS (Serviços Organizados de Inclusão Social) e CAPS (Centro de Atenção Psicossocial). As obras de arte ficarão expostas até o dia 24. O CAC fica na rua Dr. João Colin, 2719, no bairro Santo Antônio.

 

A programação do Setembro Amarelo conta com a participação do Centro de Valorização da Vida (CVV) de Joinville.

 

Serviços da Prefeitura de Joinville

A Secretaria da Saúde da Prefeitura oferece uma série de serviços voltados ao tratamento de transtornos mentais. “Entre eles, estão os CAPS, que realizam o acolhimento de portas abertas ou via encaminhamento dos diversos pontos da rede. Eles são compostos por equipes multiprofissionais”, explica a gerente de serviços especiais, Flávia Müller.

 

Nos CAPS 2 e 3, o público-alvo são pessoas com 18 anos ou mais com transtornos mentais graves, crônicos ou persistentes. O CAPS AD atende pessoas com 18 anos ou mais que apresentam transtornos decorrentes do uso abusivo de álcool e drogas. “E O CAPS IJ é para crianças e adolescentes de 0 a 18 anos incompletos com transtornos mentais graves ou persistentes. Também atende crianças e adolescentes que usam álcool ou outras drogas”, informa a gerente.

 

O SOIS promove a inclusão social após a estabilidade do quadro de transtornos mentais ou dependência química. “Temos também o SAPS, que é o Serviço Ambulatorial de Psiquiatria. Via encaminhamento da Rede, o ambulatório médico psiquiátrico atende usuários adultos, adolescentes e crianças com transtornos mentais leves e moderados. Os horários são agendados pela Central de Regulação e essa fila é divulgada”, pontua Flávia.

 

CAPS 2

Local: Rua Pernambuco, 115, Anita Garibaldi

Horário: segunda a sexta, 7h às 18h

 

CAPS 3

Local: Rua Tubarão, 128, América

Horário: segunda a sexta, 7h às 19h

 

CAPS AD

Local: Rua Doutor Plácido Olímpio de Oliveira, 1489, Anita Garibaldi 

Horário: segunda a sexta, 7h às 18h

 

CAPS IJ

Local: Rua Alexandre Schlemm, 275, Bucarein 

Horário: segunda, terça, quinta e sexta, 7h às 18h; quarta, 7h às 17h

 

SOIS

Local: Rua Aracajú, 1368, Santo Antônio 

Horário: segunda a sexta, 7h às 18


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

90.6%
6.9%
2.5%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp