30/08/2021 às 09h00min - Atualizada em 30/08/2021 às 09h00min

Saúde e Assistência Social atuam no combate à desnutrição em Joinville

Cerca de 134 crianças já foram atendidas neste ano

Redação Agora Joinville
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Joinville informa que, este ano, a Secretaria da Saúde atendeu 48 crianças de zero a cinco anos com magreza acentuada e 86 crianças com magreza. Fora desta faixa etária não há dados. Toda criança que nasce em Joinville é notificada para a Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) de sua região. Por meio do Programa Pequeno Príncipe, a UBSF faz a busca ativa dessa criança, acompanhando seu crescimento.

 

“O Programa Pequeno Príncipe é responsável, atualmente, pelo tratamento de 12 crianças abaixo de cinco anos com desnutrição grave. Elas recebem da Prefeitura de Joinville fórmula alimentar adequada para a idade”, explica Simone Aparecida de Souza, diretora de assistência à saúde da Prefeitura de Joinville. A Secretaria da Saúde esclarece que casos de desnutrição devem ser encaminhados para as UBSFs. 

 

Especificamente sobre o caso do menino de 10 anos atendido por uma nutricionista esta semana e que viralizou nas redes sociais, a Prefeitura de Joinville destaca que é importante que situações como esta sejam notificadas no Centros de Referência da Assistência Social da região, para que os técnicos façam o acompanhamento da família e encaminhem para os serviços públicos assistenciais.

 

O combate à desnutrição, em Joinville, também conta com importantes ações da Secretaria de Assistência Social (SAS). “Distribuímos cerca de mil sextas básicas por mês, que são encaminhadas para os nove Centros de Referência da Assistência Social, três Centros de Referência Especializado de Assistência Social, Centro Pop e Serviço de Acolhimento Familiar”, informa a diretora executiva da SAS, Neide Mary Camacho Solon.

 

Restaurante Popular

O principal equipamento público da política de segurança alimentar e nutricional é o Restaurante Popular. As duas unidades fornecem, em média, 1,2 mil refeições por dia. Os Restaurantes servem café da manhã e almoço. As pessoas podem fazer as refeições no local ou retirar marmitas – essa opção tem um acréscimo de R$ 1 pela embalagem. 

 

No café da manhã é oferecido café com leite, pão, biscoito e fruta, entre 7h e 8h. O almoço é servido entre 11h e 14h. No cardápio, arroz, feijão, carne, salada verde, salada cozida, acompanhamento (como polenta e aipim), além de fruta. 

 

Toda refeição fornecida nos restaurantes é planejada por nutricionistas e atende as necessidades nutricionais diárias da pessoa. É importante ressaltar que todo cidadão tem direito à alimentação no local, independentemente da renda. A diferença está no valor que cada um vai pagar pela refeição. 

 

No Restaurante Popular 1 (Restaurante Herbert José de Souza - Rua Urussanga, 442 - Bucarein) é servido café da manhã e almoço e no Restaurante Popular 2 (Restaurante Zilda Arns - avenida Alvino Hansen, 65 - Adhemar Garcia) é servido almoço.

 

Doses de Bondade

A Prefeitura lançou em abril deste ano a campanha Doses de Bondade, que arrecadou até agora cerca de 65 toneladas de alimentos, entre doações da comunidade e de empresas. Tudo o que foi arrecadado foi destinado para entidades cadastradas no Conselho Municipal de Assistência Social. São instituições que atendem crianças, adolescentes, idosos, pessoas com deficiência, além de abrigos. 

 

As doações estão sendo realizadas em todos os pontos de vacinação da cidade, como a Central de Vacinação do Centreventos Cau Hansen e as Unidades Básicas de Saúde da Família. Nesses locais, um espaço foi disponibilizado para a campanha.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

90.6%
6.9%
2.5%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp