28/07/2021 às 09h35min - Atualizada em 28/07/2021 às 09h35min

Prefeitura de Joinville acolhe pessoas em situação de rua no Ginásio Abel Schulz

Iniciativa contou com o apoio de voluntários

Redação Agora Joinville
Prefeitura de Joinville
Foto: Divulgação/Prefeitura de Joinville

Nesta terça-feira (27), a partir das 18h, foi aberto o Abrigo Emergencial para pessoas em situação de rua, no ginásio Abel Schulz. A ação é uma iniciativa da Prefeitura de Joinville.

A chuva que começou no início da tarde e persistiu nas primeiras horas da noite confirmava a chegada de uma intensa onda de frio. As temperaturas baixas devem permanecer até o fim de semana. Por isso, a Prefeitura de Joinville intensificou as ações que são realizadas desde o início do inverno. 

O abrigo estava preparado com colchões e cobertores e tem capacidade para atender a 100 pessoas. Os usuários vão receber jantar e café da manhã. Para as pessoas em situação de rua que possuíam cães, havia um espaço destinado aos animais. 

"Quando a pessoa chega, uma equipe da Secretaria de Assistência Social (SAS) faz a acolhida, entrega a alimentação, orienta que troquem de roupa porque muitos estão sem roupa de inverno ou com elas molhadas por causa da chuva. Depois, eles recebem a alimentação", conta a secretária Fabiana Cardozo, da SAS. 

Além da Assistência Social, as secretarias de Esporte, Saúde e Proteção Civil e Segurança Pública (Seprot) também auxiliam nesta ação emergencial que continua até domingo de manhã. Durante a semana, o Restaurante Popular vai fornecer o jantar e o café da manhã. No fim de semana, a alimentação será preparada por voluntários da Comunidade Eis-me Aqui e do Grupo Café com Amor. 

Os colchões e os cobertores foram viabilizados pela Defesa Civil e pelo 62º Batalhão de Infantaria de Joinville. Além disso, a comunidade joinvilense se solidarizou e fez a doação de outros itens como travesseiros, lençóis e agasalhos, principalmente para homens. 

Também atendendo ao chamado, voluntários da sociedade civil se dispuseram a colaborar com esta ação emergencial. 

Outros parceiros são a Polícia Militar, que juntamente com a Guarda Municipal vão auxiliar na segurança, os Bombeiros Voluntários de Joinville, Grupo de Resgate em Montanha, Associação Diocesana de Promoção Social (Adipros), além do Samu que pode ser acionado pelo telefone 192 caso alguma pessoa esteja em situação de emergência por causa do frio. 

"Além da segurança pela Guarda e PM, nossos agentes de trânsito vão fazer rondas para identificar pessoas que ainda não estão no abrigo", explica o secretário Paulo Rogério Rigo, da Seprot. 

A decisão de oferecer abrigo no Ginásio Abel Schulz foi tomada durante uma reunião do Grupo de Trabalho para este momento de temperaturas baixas, que foi conduzida pelo prefeito Adriano Silva. 

"A gente só tem a agradecer a união dos servidores e de tantos voluntários que estão fazendo acontecer. O joinvilense tem essa preocupação com o próximo e percebemos por meio das doações que foram entregues aqui no ginásio", concluiu a vice-prefeita Rejane Gambin, que acompanha o trabalho realizado. 

Outras ações de acolhimento estão mantidas 
Desde que as noites mais frias começaram a ser registradas neste ano, a Secretaria de Assistência Social oferece dois abrigos para as pessoas em situação de rua. Quem está necessitando de apoio, pode procurar o Centro POP (que fica ao lado da rodoviária) todos os dias até às 16h30 para ser cadastrado e encaminhado aos locais de acolhimento. 

Na Casa de Passagem Vó Joaquina é oferecido jantar, pernoite e café da manhã. Já os voluntários da Comunidade Eis-me Aqui disponibilizam o jantar e o pernoite é realizado na sede do antigo Seminário Diocesano, onde pela manhã os usuários têm acesso a alimentação. A ação é uma parceria com a Adipros.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

90.7%
6.8%
2.5%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp