23/07/2021 às 09h53min - Atualizada em 23/07/2021 às 09h53min

Segunda etapa das obras na Rua XV de Novembro inicia nesta sexta-feira

Retirada de tachões e limpeza da rua será feita nesta sexta-feira (23)

Redação Agora Joinville
Prefeitura de Joinville
Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira (23), a empresa responsável pela requalificação asfáltica da rua XV de Novembro inicia a segunda etapa da obra. Após a conclusão da fresagem e da colocação de asfalto novo em pontos mais danificados da via, agora toda a extensão, entre o cruzamento com a rua Blumenau e a BR-101, receberá uma nova camada asfáltica. 

 

Nesta sexta-feira, será feita a retirada de tachões e a realização da limpeza da rua. No sábado e domingo, as equipes estarão realizando a colocação do asfalto entre a lombada em frente à Cidadela Cultural Antarctica e o cruzamento com a Rua Conselheiro Arp. O trabalho neste trecho é realizado no fim de semana para reduzir o impacto no trânsito. 

 

Agentes de trânsito do Detrans estarão no local para orientar os motoristas. Entretanto haverá trechos que precisarão ser interditados. Por este motivo, a orientação é que a população procure rotas alternativas. O trabalho está previsto para iniciar às 6h30 da manhã e vai continuar durante as próximas semanas. 

 

“O microrrevestimento asfáltico é um rejuvenescedor do pavimento. A função dele é garantir uma sobrevida ao asfalto, em torno de cinco a dez anos. Tanto que ele é amplamente utilizado em rodovias do Brasil, como aqui na BR-101. Sempre que a intervenção é realizada no período correto, quando aparecem as fissuras e fendas, nós conseguimos selar e garantir essa maior durabilidade”, ressalta o engenheiro civil Miguel Mello, da Secretaria de Infraestrutura Urbana de Joinville (Seinfra).  

 

Além de dar esta sobrevida ao pavimento, o material utilizado é recomendado para cidades que têm chuva constante, como é o caso de Joinville. A textura do microrrevestimento gera mais segurança durante a frenagem dos veículos. 

 

Depois que o material é aplicado na via, cones são utilizados para sinalizar o local. Nesses pontos a recomendação é que os motoristas evitem trafegar, já que o produto precisa de um tempo relativamente curto, entre três e quatro horas, para secar. 

 

“Nós recebemos muitos questionamentos sobre o porquê a obra não é realizada a noite. E a resposta é técnica: o material precisa de sol para secar. Então, se fizermos durante a noite, o sereno impede esta cura. É por este motivo também que quando amanhece chovendo ou com muita neblina, que chega a deixar a pista molhada, a empresa precisa esperar o tempo ficar seco para iniciar a aplicação”, informa Mello.

 

Além disso, o engenheiro explica o que são as pedrinhas que soltam após a aplicação do produto. “Na composição do material vem um pedrisco, que faz incorporar esse revestimento. À medida que os veículos passam, acontece uma expulsão natural desse pedrisco. Não podemos limpar imediatamente, é necessário aguardar cerca de quatro dias. Depois desse período, é feita a limpeza da pista”. 

 

Nos próximos dias, o trabalho continua e poderá ser suspenso se as condições climáticas não forem favoráveis. Agentes de trânsito estarão no local, mesmo assim a recomendação é que pessoas que precisem passar pela Rua XV de Novembro, ou acessar comércios e serviços, se programem com antecedência, pois pode haver momentos de interdição e filas enquanto as obras durarem. 

 

Esta obra faz parte de um pacote de melhorias em vias com grande fluxo de veículos, como a Benjamin Constant, Marquês de Olinda e Presidente Campos Sales, com um investimento de aproximadamente R$ 5,3 milhões.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

91.2%
6.1%
2.7%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp