21/07/2021 às 20h05min - Atualizada em 22/07/2021 às 00h00min

Como Declarar Bitcoin no Imposto de Renda?

Sabia que é obrigatório declarar Bitcoin no Imposto de Renda (IR)?

SALA DA NOTÍCIA Marcos Tadeu
https://bitnuvem.com/
pixabay.com

Sabia que é obrigatório declarar Bitcoin no Imposto de Renda (IR)? Deixar de declarar suas criptomoedas no IR poderá te fazer cair na malha fina.

Por isso mesmo, é importantíssimo que todo investidor que compra Bitcoins e outras moedas digitais seja organizado em relação aos seus ativos.

Registrar as transações que estão sendo feitas por você, é um mecanismo que evitará erros na hora de preencher sua declaração de Imposto de Renda anual.

Como faço para declarar Bitcoin no Imposto de Renda?

O processo é bastante simples! Na Bitnuvem, disponibilizamos um extrato de suas transações, para que possa copiar os dados e consiga preencher a declaração sem cometer possíveis erros.

O extrato fica disponível para nossos clientes na época em que o programa do IR é lançado, justamente para facilitar seu preenchimento.

Com o programa do IR aberto, clique na aba ”bens e direitos” e posteriormente clique em “novo”. Informe quem é o responsável pela compra, você ou um de seus dependentes.

Em seguida, é preciso selecionar o código que é 81 para Bitcoin (BTC) e 82 para outras criptomoedas existentes, como o próprio Bitcoin Cash (BCH).

No campo “discriminação” insira todos os detalhes sobre sua compra, como a quantidade adquirida, data de compra, CNPJ da corretora que intermediou a transação.

É importante informar também onde suas moedas digitais estão custodiadas, ou seja, guardadas. Se elas estão na carteira digital de uma empresa ou corretora é preciso informar o CNPJ da empresa.

Quem não tinha criptomoedas em 2019 deve manter o campo “situação em 31/12/2019” em branco. Deixando somente o “situação em 31/12/20” preenchido devido a compra.

Informe no último campo o valor pago em reais pelas criptomoedas. Quem tinha criptomoedas em 2019 e não comprou mais ao longo de 2020, deve repetir em 31/12/2019 e 31/12/2020 o mesmo valor.

O que deve ser informado é sempre o que foi pago pelo seu bem, sem a atualização de acordo com a cotação atual.

Quem vendeu criptomoedas precisa declarar?

Quem havia declarado em 2019 a compra de criptomoedas e efetuou a venda em 2020, precisará deixar isso claro na declaração de Imposto de Renda.

É preciso preencher, nesse caso, o valor declarado em 2019 na aba “situação em 31/12/2019” e deixar zerado o campo “situação em 31/12/2020” caso você tenha vendido todas as suas moedas digitais.

Se vendeu somente uma parte, essa diferença deve estar explicitada nos valores disponíveis em “situação em 31/12/2019” e ``situação em 31/12/2020”.

Na aba discriminação, é preciso detalhar quanto foi vendido. As vendas que representam um ganho de mais de R$35 mil por mês estão sujeitas a tributação.

O lucro de suas vendas com criptomoedas deve ser declarado minuciosamente, para que seja possível quitar o imposto devido sobre o ganho de capital.

A cobrança de tributos é progressiva de acordo com o lucro obtido na transação, seguindo os seguintes parâmetros:

  • 15% sobre o ganho líquido mensal de até R$ 5 milhões;
  • 17,5% sobre o ganho acima de R$ 5 milhões e abaixo de R$ 10 milhões;
  • 20% sobre o ganho acima de R$ 10 milhões e abaixo de R$ 30 milhões;
  • 22,5% sobre o ganho mensal acima de R$ 30 milhões.

Agora você já sabe como declarar Bitcoin no Imposto de Renda para evitar cair na malha fina! Não deixe de cumprir com a sua declaração, para evitar pagar multas e evitar problemas em seu CPF.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

92.4%
5.6%
2.0%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp