20/07/2021 às 17h14min - Atualizada em 21/07/2021 às 00h00min

Quadrilátero estreia no CCBB SP e reúne músicos sob a curadoria de Leo Gandelman

Projeto tem idealização e direção artística de Leo Gandelman Participam do Quadrilátero Pretinho da Serrinha, Robertinho Silva, Henrique Cazes, Mauro Senise, Nivaldo Ornellas, Carla Rincón, entre outros

SALA DA NOTÍCIA Camila Del Nero
DuHarte fotografia
 

Quatro dias de apresentações, quatro encontros de artistas, quatro famílias de instrumentos. Essa é a essência de Quadrilátero, projeto que nasceu em 2012 e retorna aos palcos do Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), em quatro cidades e chega a São Paulo em 12 de agosto, depois de passar com sucesso pelo Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Idealizado por Léo Gandelman, com apoio do produtor cultural Pablo Castellar, o projeto reúne, a cada dia, quartetos de feras da música brasileira, em encontros singulares. 

A cada apresentação – 12 a 15 de agosto, quinta-feira e sexta-feira às 19h e sábado e domingo, às 15h – quartetos de diferentes famílias de instrumentos ganham destaque. Os convidados são Pretinho da Serrinha, Robertinho Silva, Marcos Suzano e Marcelo Costa, na percussão (dia 12/8); Leo Gandelman, Nivaldo Ornelas, Mauro Senise e Zé Carlos Bigorna no sax e instrumentos de sopro (dia 13/8); Henrique Cases, Rogério Caetano, Luis Barcelos e João Camarero nas cordas dedilhadas (dia 14/8); e fechando o circuito (dia 15/8), Janaina Salles, Joanna Bello, Inah Kurrels, Jocelynne Huiliñir Cárdenas nas cordas.

O público terá a oportunidade de conferir o talento individual de cada artista e participar do encontro do quarteto, todos tocando juntos. Leo Gandelman atua como anfitrião e faz participações especiais em todos os espetáculos, marcados para 19h de quinta-feira e sexta-feira e aos sábados e domingos às 17h.  Ao final do espetáculo dedicado à Cordas Dedilhadas, no dia 14 de agosto, haverá uma conversa de meia-hora com o público para aprofundar o debate sobre a carreira dos músicos e falar sobre a intrínseca relação do artista com a música. Também dentro da programação, o idealizador e curador do Quadrilátero, o músico Léo Gandelman, fará uma masterclass com duração de uma hora aberta ao público, no dia 15 de agosto, às 15 h.

- Desde o começo da pandemia, tenho tocado sozinho, em casa, compondo, treinando. Acordo todo dia motivado pela ideia de aprender mais, do meu encontro diário com o instrumento. Mas sinto muita falta da troca com outros músicos, da troca com o público. Sei que todos os músicos envolvidos no projeto sentem o mesmo. Desde os primeiros ensaios no Rio, temos conversado e a troca tem sido emocionante – conta Leo Gandelman. - Estamos provocando encontros de músicos que estão tocando juntos pela primeira vez neste projeto. É um encontro de confiança e confiança é fundamental para a música fluir. Estamos muito felizes de levar esse encontro para o CCBB São Paulo.

- Estamos seguindo todos os protocolos estabelecidos pelas autoridades locais e a Organização Mundial da Saúde para a convivência nos bastidores e no palco. E o CCBB, que voltou a abraçar o Quadrilátero, é extremamente cuidadoso com o respeito às normas para a plateia. É um grande privilégio poder participar desse retorno aos palcos de artistas dessa grandeza - explica Pablo Castellar.

Depois de São Paulo, o Quadrilátero segue para o CCBB de Brasília.

Para download de fotos e vídeos dos espetáculos, clique aqui.

 

Serviço | Quadrilátero 2021

Dia 12 de agosto, às 19h – Percussão - Pretinho da Serrinha, Marcos Suzano, Marcelo Costa e Robertinho Silva. Tema: Da África às Américas

Dia 13 de agosto, às 19h – Sax - Leo Gandelman, Mauro Senise, Zé Carlos Bigorna, Nivaldo Ornellas. Tema: Ary Barroso e Moacyr Santos

Dia 14 de agosto, às 17h – Cordas dedilhadas: Rogério Caetano, Luis Barcelos, João Camarero, Henrique Cases. Tema: Choro e Afro Sambas

Dia 15 de agosto, às 15h - Masterclass com Leo Gandelman 

Dia 15 de agosto, às 17h – Cordas de arco: Janaina Salles, Joanna Bello, Inah Kurrels, Jocelynne Huiliñir Cárdenas. Tema: Radamés Gnattali, Astor Piazzolla e Villa Lobos

Onde: 

Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB) – Endereço: Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico – São Paulo/SP - Próximo ao metrô São Bento.

Teatro trabalhando com lotação limitada, máximo 45 pessoas presenciais.

 

Para mais informações:

Quadrilátero – Assessoria de imprensa – Atômica

Camila Del Nero – camiladelnero@atomicalab.com.br


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

92.5%
5.5%
2.0%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp