13/07/2021 às 09h52min - Atualizada em 13/07/2021 às 09h38min

Baleia-Jubarte com mais de oito metros é encontrada morta em Itapoá

Este já é o segundo encalhe de baleia-jubarte nesta temporada na cidade

Redação Agora Joinville
PMP-BS Univille
Foto: Divulgação/PMP-BS

Uma baleia-jubarte de aproximadamente 8,81 metros de comprimento morreu encalhada na praia de Itapoá, próximo à costa da Barra do Saí, neste último sábado (10). Este já é o segundo encalhe de baleia-jubarte nesta temporada na cidade, sendo a quinta ocorrência no Trecho 05, que compreende o litoral norte de Santa Catarina.  

 

A equipe do Projeto de Monitoramento de Praias (PMP-BS/Univille) recebeu acionamentos de que a baleia estaria à deriva. O encalhe aconteceu apenas no final da tarde, e devido ao horário, foi possível realizar somente a biometria e a coleta de amostras, como pele, músculo e gordura.

 

Uma equipe técnica de veterinários, biólogos e estagiários saiu da Unidade de Estabilização de Animais Marinhos da Univille e foi até o município de Itapoá para realizar o procedimento de necropsia e enterro do animal no domingo (11) pela manhã. A carcaça foi enterrada onde o encalhe aconteceu com a ajuda de maquinário para o transporte do animal até a parte superior da praia.

Segundo a médica veterinária Giulia Gaglianone Lemos, responsável pela necropsia, a baleia estava magra e com várias marcas de interação com petrecho de pesca ao longo do corpo, nadadeiras peitorais e mandíbula, além de apresentar lixo plástico no estômago. 

 

O conteúdo do trato gastrointestinal foi coletado para que uma análise detalhada seja feita. A barbatana e uma das nadadeiras peitorais foram coletadas e levadas para a base para compor o Acervo Biológico Iperoba da Univille da unidade de São Francisco do Sul. 

 

O projeto

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

 

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos. 

 

O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. A Univille monitora o Trecho 05, que compreende os municípios de Araquari, Barra do Sul, São Francisco do Sul e Itapoá.

 

Encontrou um animal marinho morto ou debilitado? Ligue 0800 642 3341 / (47) 3471 3816 (Base) / (47) 99212 9218 (WhatsApp).

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

93.0%
5.1%
1.9%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp