30/06/2021 às 18h10min - Atualizada em 01/07/2021 às 00h00min

Dicas para consumir suplementos da maneira certa

SALA DA NOTÍCIA LUCAS WIDMAR PELISARI

Se você precisa de uma forcinha para malhar, com certeza vai se beneficiar do uso dos suplementos. Existem produtos para todos os objetivos: emagrecer, ganho de massa muscular, resistência física e assim por diante. 

Embora a diversidade seja uma vantagem, pode se tornar um problema para quem não sabe como usar os produtos.

O erro mais comum é consumir em quantidades altas demais. Nosso corpo trabalha com saturação de nutrientes; ou seja, a partir de um dado valor, o excesso será eliminado. Por isso a quantidade é importante.

Outro ponto relevante é a combinação entre treino e suplemento. Como foi dito, cada suplemento tem seus pontos fortes e fracos, e nem todos servem para qualquer propósito.

Quer aprender mais sobre esses produtos? Aproveite para ler até o final!

Escolha os suplementos adequados

No mercado atual, existem centenas de suplementos à disposição dos consumidores. Isso pode causar um certo problema, dado que a maioria das pessoas é leiga no assunto. A escolha inadequada pode te distanciar de seu objetivo.

Aliás, você deve definir o que pretende alcançar: se é emagrecimento, ganho de massa, etc. Feito isso, deve-se estudar sobre os produtos para seu objetivo, assim como coadjuvantes.

A Coenzima Q10, por exemplo, é excelente para atletas que pretendem realizar treinos mais intensos. Ela ajuda a prevenir lesões musculares, ao passo que fornece energia aos músculos.

Além disso, o Whey Protein pode ser usado como coadjuvante, aumentando ainda mais os resultados dos treinos.

Use na quantidade certa

Como dissemos lá na introdução, a quantidade certa é muito importante para o bom aproveitamento do suplemento. No entanto, saber qual o valor certo vai muito além de calcular a quantidade recomendada para seu organismo.

Nosso corpo é muito complexo, e embora haja estimativas sobre a quantidade de cada nutriente, elas não são 100% precisas. O ideal é consultar um profissional da saúde e realizar testes empíricos.

Além disso, existe outro ponto importantíssimo: precisamos levar em conta a dieta. Se você já consome muitas proteínas por dia, é provável que seu Whey seja eliminado por urina e fezes.

É preciso conciliar a dieta e a suplementação para evitar desperdício de investimento.

Fique atento ao horário de consumo

O horário de consumo pode não ser tão importante como dizem por aí. No entanto, não há consenso na comunidade científica sobre o assunto. Portanto, é melhor seguir os conselhos de profissionais na área.

Em geral, quando o nutriente está saturado em nosso organismo, não conseguimos utilizar mais que esse valor. Aliás, nem precisamos de mais, dado que a saturação aponta o limite do nutriente em nosso corpo.

Porém, certos eventos acontecem no pós-treino, como é o caso da reconstrução muscular. Assim, o recomendado é que suplementos dessa natureza sejam consumidos depois do treino, o que aumentaria sua absorção e utilização pelo corpo.

Já os pré-treinos geralmente fornecem energia para treinar. Um dos mais famosos é a cafeína - que também tem efeito termogênico.

Combine suplementos e treino

Para que os resultados apareçam com mais facilidade, devemos casar o treino com os suplementos. Ou seja, temos que alinhar ambos, de modo a não se anular.

Se a pessoa quer perder peso, por exemplo, ela precisa de suplementos termogênicos e de treinos aeróbicos. Supondo que essa pessoa faça musculação, mas continue com o mesmo produto, ela está visando “secar” a gordura - e pode ganhar peso no processo.

Vale lembrar que ganhar peso é diferente de engordar. A massa magra pesa mais que os lipídios, e um pequeno incremento na primeira contrabalanceia uma grande perda na segunda - dando a impressão de ganho de peso, muitas vezes.

Cuide de sua dieta como um todo

Precisamos falar algo que poucas pessoas têm coragem de dizer: suplementos não fazem milagres. Então, não pense que apenas consumir esses produtos vai trazer resultados palpáveis para você.

O ideal é usá-los em conjunto com uma dieta balanceada e inteligente. Ou seja, seguir um cardápio desenvolvido para o seu gasto diário, ajustado para os resultados que você deseja.

Não adianta usar termogênicos e malhar para emagrecer, se após o treino você corre para o fast food mais próximo. A dieta é a chave para as transformações corporais, tanto positivas quanto negativas.

Foque em seus objetivos

Por último, o suplemento deve ajudar a alcançar seus objetivos. Por sorte, existem centenas deles no mercado, o que facilita esse processo de escolha.

Suplementos de proteína, por exemplo, são ótimos para ganhar músculos. Afinal, eles aumentam os resultados dos treinos, permitindo músculos mais fortes em menos tempo.

Já os termogênicos, por transformarem gordura em calor, tendem a ser melhores para quem quer emagrecer. Eles também se encaixam em dietas de cutting, ou seja, quando o atleta quer reduzir a quantidade de gordura no corpo - geralmente para eliminar o falso-magro.

E aí, está mais fácil escolher os melhores suplementos para seu caso? Com certeza seus resultados serão melhores!


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

92.9%
4.7%
2.4%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp