18/06/2021 às 08h53min - Atualizada em 18/06/2021 às 08h45min

Em reunião com participação do governador, Facisc sinaliza apoio ao projeto de Reforma da Previdência de SC

De acordo com o presidente da Iprev, um dos principais objetivos da Reforma é diminuir o déficit

Redação Agora Joinville
Governo de SC
Foto: Peterson Paul/Secom

Por meio de uma Webconferência na tarde dessa quinta-feira (17), o governador Carlos Moisés participou da reunião do Conselho Diretor da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc). O chefe do Executivo estadual falou das principais ações do Governo do Estado e recebeu o aceno da entidade em apoio ao projeto de Reforma da Previdência. Carlos Moisés enalteceu a atuação e parceria da Facisc nas pautas importantes para o estado.

 

"A Facisc, com toda a sua capilaridade e atuação responsável com as pautas de Santa Catarina, traz um apoio importante e respaldo para a aprovação do projeto pelos parlamentares. Fazer esta mudança é um ato de responsabilidade com o futuro”, frisou Carlos Moisés.

 

Conforme apresentação do presidente do Instituto de Previdência Privada do Estado de SC (Iprev), Marcelo Panosso Mendonça, um dos principais objetivos da Reforma é diminuir o déficit, garantindo receita para investimentos no que realmente os catarinenses precisam. Mendonça apresentou dados e estatísticas que apontam para a necessidade de agir e mudar o atual modelo.

 

“Esta reunião com a Facisc foi mais uma oportunidade do Governo do Estado estar se comunicando com o setor produtivo, falando da reforma e dos impactos que ela traz para a sociedade catarinense. O apoio do setor produtivo é muito importante já que estamos tratando de uma Reforma tão desejada e tão necessária para a sustentabilidade, não só do regime de previdência, mas para que tenhamos mais recursos para serem investidos no Estado”, avalia o presidente do Iprev.
 


 

O presidente da Federação, Sérgio Rodrigues Alves, agradeceu a presença do governador e disse que a necessidade da Reforma é para que Santa Catarina não se transforme em um mau exemplo no futuro. “O déficit da previdência está tirando recursos de outros setores que precisam de investimento”, ressaltou Alves, em apoio ao projeto do Executivo. Segundo a Facisc, mais de 200 pessoas integrantes das associações empresariais participaram do evento.

 

Ao longo da tarde, a pauta do encontro abordou as atividades dos 50 anos da Federação, as ações de marketing e comunicação e o lançamento do Relatório de Sustentabilidade. Também foram apresentados cases de sucesso das associações, com a participação das ACIs de São José (Aemflo), Taió (Aciat), Guaramirim (Aciag), Joaçaba (Acioc) e Itapiranga (Assemit).

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a eleição para governador de SC fosse hoje, em quem você votaria?

9.3%
9.3%
63.6%
2.8%
0%
0%
0%
0%
0.9%
5.6%
3.7%
4.7%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp