11/06/2021 às 20h51min - Atualizada em 13/06/2021 às 00h00min

Copa América na pátria de chuteiras

(*) Luís Fernando Lopes

SALA DA NOTÍCIA NQM
http://www.uninter.com
Divulgação
O Brasil já foi considerado a Pátria de chuteiras. Entretanto, os últimos acontecimentos relacionados à CBF evidenciam contradições e interesses que demonstram descompromisso e falta de ética de alguns gestores púbicos. Em um momento extremamente complicado, no qual muitos choram a perda de seus entes queridos alguns insistem em desconsiderar os riscos e apoiam a realização de um evento já recusado por outros países sul-americanos.
 

Mas quais as motivações reais para realizar um evento em que os próprios jogadores e o técnico da seleção brasileira não apoiam? Seria por capricho pessoal de alguma liderança e vontade de mostrar poder? Promover um evento para distrair uma população que sofre com uma paixão antiga? Realizar um evento para impulsionar a economia do país, mesmo com riscos altíssimos? Apoiar interesses externos que contam com a realização do evento? 

Não temos respostas para esses questionamentos e talvez a pergunta essencial não tenha sido realizada. Entretanto, fica evidente o conflito de interesses e o descompromisso de alguns com o povo brasileiro. Embora muitos prefiram seguir o ditado popular segundo o qual, futebol, assim como política e religião não se discute, a realidade confronta o senso comum e evidencia o uso político de práticas aparentemente neutras.  

Mas o que fazer diante de uma tal realidade? Se realmente nos importamos com a vida das pessoas, e é preciso mencionar aqui especialmente os jogadores e todos os que precisam participar diretamente de um evento esportivo, apoiar a realização da Copa América em um país que encontra sérias dificuldades para lidar com a pandemia é no mínimo um contrassenso. 

Ainda que quisesse reconhecer boas intenções daqueles que apoiam a realização de tal evento no Brasil, a realidade apresentada parece não deixar dúvida que se trata apenas de interesses políticos e econômicos, infelizmente colocados acima do cuidado com a vida de um povo cuja situação de fragilidade no campo educacional torna-o ainda mais vulnerável à manipulação com consequências alarmantes.   

Copa América na Pátria de Chuteiras? 

Luís Fernando Lopes é Doutor em Educação e professor da Área de Humanidades do Centro Universitário Internacional UNINTER

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

93.0%
4.7%
2.3%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp