13/05/2021 às 08h41min - Atualizada em 13/05/2021 às 08h41min

Moisés faz piada com impeachment na frente de Daniela

Um parlamentar afirmou que o discurso foi uma cutucada na vice

Redação Agora Joinville
Rede Catarinense de Notícias
Foto: Secom/Divulgação
O governador Carlos Moisés da Silva fez uma piada sobre os processos de impeachment que sofreu durante a entrega de 186 viaturas para a Polícia Militar em evento em Florianópolis nesta terça (11). Ao lado do secretariado e de parlamentares mais próximos ao governo, ele fez referência aos votos que o salvaram da cassação na última sexta-feira (7). A vice Daniela Reinehr estava presente, a poucos metros de distância. 

Último a falar no evento, Moisés iniciou o discurso citando os deputados estaduais presentes, um a um, nominalmente. Quando fez menção à terceira fileira de autoridades, citou a presença de Valdir Cobalchini (MDB) e Fabiano da Luz (PT), que foram julgadores no processo de impeachment, afirmando que ali estavam "25% mais 25%". Moisés foi salvo com quatro votos pelo arquivamento da denúncia, incluindo Cobalchini e da Luz.

Na sequência o governador lembrou da presença do líder de governo, José Milton Scheffer (Progressistas), que estava à sua direita e também foi um dos julgadores. Nesse momento, falou que " temos aqui 75%" e que "só faltou o Marcos Vieira (PSDB)", para risos dos presentes. 

Daniela Reinehr acompanhava o evento, mas não falou. Um parlamentar afirmou que o discurso foi uma cutucada na vice, mas com bom humor. Além disso, destacou, mostra um pouco da valorização que o governo dará aos parlamentares "que resistiram à pressão" dos aliados de Daniela pela mudança do voto. 

Na madrugada da votação, no último dia 7, a deputada federal Carla Zambelli (PSL/SP) publicou nas redes sociais os números particulares de celular dos deputados-julgadores. Segundo Cobalchini, da Luz e Scheffer, poucas mensagens chegaram e a maioria de DDD 47 ou de fora do Estado. O prefixo atende Vale do Itajaí e Norte, distante das bases eleitores dos parlamentares - Oeste para Cobalchini e da Luz, e Sul para Scheffer.

Aproximação

A cerimônia contou com pelo menos dez parlamentares de diferentes partidos. O vice-presidente da Alesc, Nilso Berlanda (PL), foi o encarregado de falar pelo Parlamento e elogiou a ação do governo de comprar viaturas novas para a PM. Além disso, destacou que a aquisição contemplará pequenos e grandes municípios, em novo elogio às decisões do Executivo. 

"O movimento que nós estamos percebendo da Assembleia Legislativa é de nos apoiar. Gestos das lideranças na Assembleia e a presença maciça aqui nessa solenidade mostra que a boa vontade dos parlamentares com a nossa gestão. Cada parlamentar é partícipe desse governo", disse o governador ao final do evento. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

91.3%
4.3%
4.3%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp