16/04/2021 às 11h09min - Atualizada em 16/04/2021 às 10h52min

E agora, Schuster?

Prisco Paraíso
Deputado estadual Laércio Schuster, que foi o voto decisivo para o afastamento de Moisés da Silva no segundo impeachment, ficou em maus lençóis em relação à sua própria manifestação em relação ao rumoroso caso depois do arquivamento da investigação pelo Ministério Público Federal.

Na sessão de julgamento que culminou com o placar de 6 a 4 contra o governador, Schuster deixou muito claro que "o Ministério Público Federal trabalha para analisar os dados sensíveis acerca da participação de Carlos Moisés nos crimes apurados."

Muito bem. Arquivado o processo em relação ao chefe do Executivo, como será seu voto na sessão final do impeachment que pode ou não cassar o mandato de Moisés.

É público e notório que o nobre parlamentar nomeou o secretário de Infraestrutura do governo interino de Daniela Reinehr e também o titular da Defesa Civil, sem falar em outros cargos na máquina estadual.

Perfil

Não será surpresa se Laércio Schuster mantiver o voto contra o governador, considerando-se o perfil de oportunista de plantão em meio a uma faceta glamorosa de fisiologista. Aguardemos.

Contramão

Ontem à tarde, o STJ também arquivou o inquérito envolvendo o governador afastado no episódio dos respiradores, na mesma direção da Polícia Civil, Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal e Tribunal de Contas. Até aqui, somente o Tribunal Especial de Julgamento, composto por deputados e desembargadores, foi na direção oposta.

Limpando o nome

A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC) está preparando um feirão para quitar as dívidas dos consumidores no comércio do estado. O evento será realizado em julho, mas para participar os lojistas devem aderir antecipadamente ao serviço SPC Regulariza e cadastrar as dívidas dos clientes no sistema. "Será o maior evento de renegociação de dívidas da história de Santa Catarina", destaca Ivan Roberto Tauffer, presidente da FCDL/SC.

Planos de saúde e pandemia

Após mais de um ano vivendo em meio a uma pandemia, já é sabido que aos primeiros sintomas do Covid 19, é necessário que se busque ajuda médica o mais rápido possível. E a maneira mais eficiente de saber se a pessoa está infectada ou não é através dos testes. O PCR, cujo a margem de erro é menor que o teste rápido adquirido em farmácias, é o mais procurado pela população.

Burocracia

Mas quem tem plano de saúde vive o entrave da burocracia, já que, normalmente, os planos levam até três dias para autorizar a realização do exame do usuário.

Porém, na última terça-feira, 14, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), determinou que este tipo de exame deve ter autorização imediata das empresas.

Apicultura

O deputado Moacir Sopelsa (MDB) apresentou indicação ao governo do Estado, sugerindo atenção especial às políticas públicas no sentido de beneficiar os apicultores que não obtiveram renda através da produção de mel, para conseguirem se reestruturar para a próxima safra. Entre as medidas apresentadas pelo parlamentar estão a prorrogação por um ano do vencimento das parcelas, o aumento no valor para R$ 5 mil reais do kit apicultura, e o aumento da disponibilidade de cotas do kit apicultura e meliponicultura às regiões atingidas.
Link
Prisco Paraíso

Prisco Paraíso

Comentarista Político

Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

91.3%
6.0%
2.7%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp