23/03/2021 às 09h21min - Atualizada em 23/03/2021 às 08h18min

Reação contra o xerife

Prisco Paraíso
O senador Jorge Kajuru entregará, nesta terça-feira (22), o pedido de impeachment contra o xerifão (alcunha dada pelo colega dele e decano da corte, Marco Aurélio Mello) do STF, ministro ex-advogado do PCC, Alexandre de Moraes.

O documento será acompanhado das 3 milhões de assinaturas colhidas na internet, embora, como ressalta o próprio Kajuru, a petição tem apoio no Brasil inteiro conforme pesquisa da Rede Jovem Pan: nada mais nada menos que 97% apoiam o impedimento do autoritário advogado travestido de ministro.

Kajuru classifica Moraes de "nefasto, arrogante, que abusa do seu poder, que ameaça a liberdade de expressão, que não respeita, pelo contrário, rasga a Constituição brasileira. Começou votando a favor da reeleição no Congresso Nacional. Mexeu com Ulysses Guimarães lá em cima. E agora de novo,  rasgou a Constituição ao não cumprir o que diz, na íntegra, o artigo 53, que é um direito inviolável de cada parlamentar, de se expressar e falar o que ele pensa."

Ninguém aguenta

São vários os pedidos de impeachment contra Moraes. O do senador goiano Jorge Kajuru é considerado o mais completo. Até porque não foca em defender o deputado Daniel Silveira, que passou um mês na cadeia e segue com medidas restritivas duríssimas, depois de ter atacado o STF. Como bem pontuou Kajuru, sempre sensato e afiado, Silveira também foi arrogante e passou do ponto. Este foi, segundo ele, só mais um episódio para ilustrar a longa lista de desmandos e decisões sórdidas de Alexandre de Moraes.

Bolsonarismo x lulismo

O Instituto Paraná Pesquisa ouviu 2,1 mil pessoas entre os dias 15 e 19 de março com uma pergunta simples: atualmente, o senhor (a) se considera mais Bolsonarista ou Lulista?

Os adeptos do atual presidente são 27,6%, enquanto o séquito do ex-mandatário é de 22,3%. 

Boa notícia

A boa notícia da pesquisa é que 46,3% dos entrevistados não se consideram nem seguidores de Jair Bolsonaro nem de Lula da Silva.

É o tipo de dado que pode animar aqueles que pretendem se apresentar como alternativa aos dois movimentos, que acabam reunindo os dois extremos: direita e esquerda. Falta pouco mais de um ano e meio para o pleito de 2022. O detalhe é que até o momento, exceção feita a Sérgio Moro, que não tem aquela pinta de candidato, não há um nome que pareça ser capaz de galvanizar o apoio de quem não está com Bolsonaro ou Lula da Silva.

Luto na indústria

Para o presidente da ACIJS e do Centro Empresarial de Jaraguá do Sul, Luis Hufenüssler Leigue, neto de Dietrich Hufenüssler, o maior exemplo que o avô deixa como protagonista que foi, seja no meio empresarial, no associativismo ou no voluntariado, em todos os segmentos onde atuou, é o da abnegação, do cuidado com o próximo.

"Alguém que realmente se importava e dedicava tudo de si na busca de soluções para que todos ficassem bem, como um verdadeiro cavalheiro, na melhor definição", assinala o empresário. Dietrich Hufenüssler, fundador da Duas Rodas industrial de Jaraguá do Sul, morreu no domingo, aos 95 anos.
Link
Prisco Paraíso

Prisco Paraíso

Comentarista Político

Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

91.9%
5.4%
2.7%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp