15/02/2022 às 08h25min - Atualizada em 15/02/2022 às 08h22min

MDB e Republicanos em 2022

Durante o fim de semana, o governador Moisés da Silva entabulou conversas com o Republicanos. Certamente são movimentos combinados com a bancada estadual do MDB, seu principal alicerce no maior partido de Santa Catarina.
Começa a ficar ainda mais clara a estratégia da dupla, Moisés-Bancada MDB, em relação às prévias e ao futuro partidário do governador do Estado.
Se Valdir Cobalchini realmente vencer as prévias, ele chegou como favorito, ficará muito complicado uma renúncia à condição de pré-candidato eleito pelo partido em favor do inquilino da vez da Agronômica.
A saída seria uma composição. Caso Moisés da Silva filie-se ao Republicanos a jogada será exatamente a mesma de 2010. Na undécima hora, Cobalchini abrirá mão da cabeça de chapa em favor do chefe do Executivo.

Dança dos nomes
Só que no lugar de Raimundo Colombo teremos o Moisés. Em vez do PSD, o minúsculo Republicanos.

Dança das cadeiras
Uma vez reeleito, Moisés renunciaria ao governo em 2024 para concorrer ao Senado, premiando o velho MDB de guerra com mais dois anos de governo. Aí com o improvável Valdir Cobalchini!

Projeções, projeções
Isso é o que está se passando na cabeça dos iluminados neste momento. Evidentemente que falta combinar o jogo com os russos. Neste caso, os eleitores do MDB, de Santa Catarina e com os adversários do governador. Ainda há muita água para passar embaixo da ponte até a definição do cenário eleitoral em Santa Catarina.

Cédulas na mão
O diretório estadual do MDB e a comissão eleitoral começaram, a partir desta segunda-feira, a dar início ao processo de entrega das cédulas que serão usadas para a realização das prévias. Até o dia 18 de fevereiro, todos os diretórios municipais receberão as cédulas oficiais para a eleição do próximo sábado. Cada presidente municipal deverá assinar, no momento da entrega, um termo de recebimento.

Milhares de eleitores
O processo de votação será feito de forma manual, secreto e não cumulativo, das 9h às 15h do dia 19 de fevereiro. Os candidatos inscritos poderão indicar um fiscal para acompanhar a escolha em cada município. Estão aptos a participar do processo mais de 10 mil eleitores, entre membros titulares dos diretórios municipais ou comissões provisórias, vereadores, vice-prefeitos, prefeitos, deputados estaduais e federais, senador e suplentes do Senado

Modelo Abuhab
A adoção imediata do Modelo Abuhab 5.0 de cobrança eletrônica de impostos, previsto no relatório da PEC 110/2019, aumentaria a capacidade concorrencial do Brasil, podendo levá-lo a crescer até 9% ao ano, afirmaram os participantes do primeiro debate da Comissão Senado do Futuro (CSF) em 2022. Foram ouvidos os fundadores do movimento Destrava Brasil Já, o ex-deputado e economista Luiz Carlos Hauly e o empresário Miguel Abuhab, de destacada atuação no Brasil, a começar por Joinville (SC). 

Inovação
No Modelo Abuhab, cada nota fiscal gera um boleto bancário com valores em separado para a mercadoria e o imposto. Trata-se de uma integração entre as notas fiscais eletrônicas e o sistema bancário. Segundo o autor do requerimento para a audiência pública, senador Zequinha Marinho (PSC-PA), a tecnologia já foi apresentada ao FMI, em Washington, nos Estados Unidos, e às autoridades e principais instituições financeiras do Brasil. É disso que o Brasil precisa para avançar.
Link
Prisco Paraíso

Prisco Paraíso

Comentarista Político

Leia Também »
Comentários »

Se as eleições fosse hoje, para quem você votaria para presidente da República no primeiro turno (2022)

76.3%
18.0%
1.1%
0.3%
3.1%
0.6%
0.6%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp