12/11/2021 às 10h30min - Atualizada em 12/11/2021 às 10h30min

Moro no páreo para 2022

Prisco Paraíso

Segue repercutindo nos meios políticos brasileiros a filiação do ex-juiz e ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, ao Podemos. 
 

Acabaram-se as especulações, os achismos e as fake News em torno de Moro, que gostem ou não, tornou-se personagem nacional. Será candidato à Presidência. Já com slogan, inclusive. "Brasil pra frente, Moro presidente." 
 

Não será então candidato ao Senador nem pelo Paraná, nem por São Paulo e muito menos por Santa Catarina (aliás, só acreditou nessa história quem acredita em Papai Noel!)
 

O discurso inicial do novo presidenciável tupiniquim foi firme e com estocadas para todos os gostos. Falou sobre economia, política, Justiça, segurança, saúde, educação e combate à corrupção. Assegurou que não haverá, se eleitor for, nem mensalão, nem petrolão e nem rachadinha. 

 

Metralhadora giratória

Sérgio Moro sinalizou diretamente a lulistas e a bolsonaristas. Será uma candidatura, pelo visto, para além das propostas e ideias, também disposta a acionar a metralhadora giratória na direção dos políticos tradicionais que inspiram, insuflam e alimentam a nefasta polarização política existente hoje neste país. 

 

Camilo 

Presidente do Podemos Santa Catarina, Camilo Martins, foi a Brasília para acompanhar o novo rumo tomado pelo partido. "Temos uma relação estreita com a cúpula nacional do Podemos, nossos ideais de formação de uma sigla partidária que tem identidade com as pessoas, zelo com o dinheiro público e responsabilidade em administrar nos aproximaram e agora projetam a possibilidade de futuro para o país. O Brasil pode ser mais justo com Sérgio, o Moro, o juiz que não deixou impune atos de corrupção", afirmou Camilo Martins.

 

Resumo da ópera

"Chega de corrupção. Chega de mensalão. Chega de petrolão. Chega de rachadinha. Chega de orçamento secreto. Chega de levar vantagem em tudo e enganar o povo brasileiro." Foi assim que o pré-candidato encerrou sua primeira fala já na condição de filiado ao Podemos. 

 

Cicerone

O senador Jorginho Mello registrou em suas redes sociais o momento com o ministro Onyx Lorenzoni (titular da pasta da Cidadania), que chegou em Santa Catarina para agendas estratégicas. "E hoje o dia iniciou com a visita a nossa Santa Catarina do meu amigo, Onyx Lorenzoni, Ministro do Trabalho e Previdência.Iremos participar do XXII Fórum Nacional de Entidades Representativas dos Militares Estaduais – ANERMB, que acontece hoje e amanhã em Florianópolis. E, é claro, já aproveitamos para botar a conversa em dia."

 

Em Dubai

O presidente da Federação das Indústrias (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar, e o 1° vice-presidente da entidade, Gilberto Seleme, participam da Expo Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, de 13 a 19 de novembro. Eles integram comitiva brasileira que reunirá 320 líderes empresariais. A iniciativa é da Confederação Nacional da Indústria (CNI), com o apoio da Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil). Representando a CNI, Aguiar apresentará o potencial de negócios entre Brasil e os Emirados Árabes. 

 

Vice assume

Nesse período, o vice-presidente da FIESC para o Alto Vale do Itajaí, André Armin Odebrecht, assume interinamente a presidência da entidade. "A participação na Expo Dubai marca a retomada das missões em busca de novos negócios no exterior. O Brasil é o principal parceiro comercial dos Emirados Árabes na América Latina," contextualizou Mário Aguiar.

Link
Prisco Paraíso

Prisco Paraíso

Comentarista Político

Relacionadas »
Comentários »

Se a eleição para governador de SC fosse hoje, em quem você votaria?

8.6%
8.6%
66.7%
2.5%
0%
0%
0%
0%
0%
3.7%
4.9%
4.9%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp