07/10/2021 às 08h52min - Atualizada em 07/10/2021 às 08h50min

O Brasil e a terceira via

Prisco Paraíso
Enquanto a polarização entre direita e esquerda neste país só faz se acirrar, no meio disso tudo  existe o vácuo. Não surgiu um nome para ocupar o espaço do que se convencionou chamar de terceira via, que seria o caminho para o país sair desta encruzilhada.
Tanto é verdade que Lula da Silva, o ex-presidiário que ainda deveria estar cumprindo pena, percorreu estados do Nordeste fazendo alertas a lideranças do PT.

O ex-mito tem dito aos correligionários que a eleição não está ganha, ao contrário do que muitos esquerdopatas já acreditam piamente.

Desta vez, Lula da Silva está falando a verdade. Ele sabe disso porque por muito pouco não foi para a degola em 2005, quando estourou o escândalo do mensalão após as revelações bombásticas de Roberto Jefferson.


Lavaram as mãos
Líderes da oposição à época, tendo inclusive um catarinense entre as cabeças pensantes que tinham influência no Congresso, acharam que o melhor caminho seria deixar o ex-presidiário seguir no mandato, sangrando em praça pública até a eleição de 2006.

História
Erro histórico e que custou caríssimo ao país. Lula da Silva não só reelegeu como fez a sucessora, a inepta Dilma Rouseff para mais dois mandatos!

Potência
Jair Bolsonaro tem a força da máquina. Se a economia começar dar sinais de melhora, ele pode sim se reeleger.

Nós x eles
Para isso, aposta na polarização. Exatamente como o petista. Os dois querem esse Fla x Flu eleitoral.

Alvo
E o Ciro Gomes, com seu estilo caudilhesco? Não será a terceira via. Ele vai é detonar Lula da Silva na campanha, almejando tomar seu lugar no segundo turno contra o presidente. Ciro Gomes, um tradicional político de esquerda, vejam só, já é a grande pedra no sapato do ex-presidiário.

Calendário
O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, corre contra o tempo. Enquanto os cardeais do MDB defendem a protelação ou até mesmo a não realização das prévais, Antídio sabe que corre sérios riscos de ficar no pincel se seu nome não for definido até o fim deste mês.
Isso porque é o prazo fatal para que ele possa se filiar a um outro partido visando a disputar as eleições de 2022. O Podemos seria uma opção, mas há problemas, como a resistência do prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira.

Eleições OAB
O "Movimento OAB Com Sua Cara" apresentou nesta quarta-feira (6) o nome da advogada que vai representar o movimento nas eleições de novembro da Seccional catarinense. O nome foi escolhido após consulta realizada nos últimos dias a advogados e advogadas de todo o Estado.

Perfil
A consulta apurou algumas características que a advocacia mais valoriza numa liderança: empatia, acolhimento, capacidade de ouvir, desvinculação partidária, vivência de pequeno escritório, conhecimento dos desafios da jovem advocacia, defesa firme dos honorários e das prerrogativas profissionais e valorização da transparência.

Eleições Aprasc
A disputa pelo comando da Associação dos Praças do Estado de Santa Catarina, Aprasc, iniciou nesta quarta-feira e a atual diretoria, liderada pelo subtenente da reserva da Polícia Militar, João Carlos Pawlick, concorrerá à reeleição apresentando uma série de realizações e lutas pela categoria.

Avanços
Nunca outra gestão fez tanto. Conseguiu promover a extinção da escala 24×48 do bombeiro militar; batalhou pela tão esperada reposição inflacionária da categoria, agora em tramitação na Alesc, depois de quase uma década de espera e avança em um plano de carreira que dê dignidade aos praças, sem concurso interno.

Link
Prisco Paraíso

Prisco Paraíso

Comentarista Político

Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

92.8%
5.3%
1.9%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp