30/09/2021 às 08h19min - Atualizada em 30/09/2021 às 08h17min

Hang lava a alma dos catarinenses

Prisco Paraíso
Luciano Hang comprovou, mais uma vez, que a iniciativa privada costuma ser muito melhor do que o burocrático poder público. Em uma tentativa pueril de constranger um dos principais apoiadores de Jair Bolsonaro, os nobres senadores da oposição, Omar Aziz e Renan Canalheiros à frente, o convocaram para depor.
 

Habilidoso e sem nada a temer, Hang expôs toda a fragilidade do picadeiro montado na Câmara Alta. Na guerra de narrativas, o empresário esmagou suas excelências.

Tentaram imputar a ele o fato de ser "negacionista", incentivador do tratamento precoce e que também seria um dos patrocinadores de fake News na internet, além de compor, vejam só, o tal gabinete paralelo em Brasília (seja lá o que isso signifique).

 

Fora de foco
Pergunta-se: o que Luciano Hang tem a ver com o setor de saúde, a estrutura de hospitais, e a comercialização de medicamentos. Ele é um empresário do varejo. Emprega, aliás, 22 mil pessoas diretamente. A Havan, registre-se, é elogiada pelos próprios funcionários. Luciano Hang e sua companhia deveriam servir de modelo para este país!

 

Contra tudo
Mas aqui os que são contra o empreendedorismo, contra o progresso, contra a meritocracia, a turma do quanto pior, melhor, chamam o empresário para depor numa CPI totalmente bagunçada e sem foco.

E o que tentam arrancar de Hang? O faturamento de sua empresa, se ele tem contas no exterior e por aí vai. Uma papagaiada vergonhosa.

 

Palhaçada
A CPI do Circo, neste ritmo de samba do crioulo doido, só chamou Luciano Hang aos holofotes para tentar constrangê-lo. Única e exclusivamente por ele ser um dos maiores apoiadores do presidente da República.

 

Desmoralizado
Para "melhorar" o quadro, aparece o notório Renan Canalheiros adjetivando um homem que deveria ser respeitado em todo o Brasil, sobretudo em Brasília, como bobo da corte e usando expressões como circo.

 

Picareta
Convenhamos. Qual é mesmo a autoridade e a moral deste sujeito para tentar enquadrar o empresário catarinense? Renan Canalheiros responde a mais de duas dezenas de processos, boa parte no STF, por corrupção, lavagem de dinheiro, pagamento de propina etc e tal, e quer posar de vestal da moralidade política tupiniquim?

 

Na lona
Ao fim e ao cabo, a credibilidade desta circense CPI, que já estava na lona, foi para o subterrâneo. Hang deu um baile nos enrolados e desacreditados oposicionistas. Saiu por cima e ainda fez merchandising da empresa.

Havia muito tempo que não se via um tiro tão bem dado pela culatra!

 

Muro
A reunião do alto tucanato catarinense foi chamada para a discussão de encaminhamentos sobre as prévias que irão apontar o candidato a presidente. Ficou decidido que o partido não tomará posição formal, não fechará questão em torno de nenhum nome. Sequer é uma possibilidade, relata uma fonte próxima à presidente estadual, deputada Geovania de Sá.

 

Tudo liberado
Ou seja, os filiados estão liberados para votarem em quem desejarem (Eduardo Leite ou João Doria). A ideia é movimentar os filiados para que se cadastrem e tenham o direito a voto.

Publicamente, a deputada Geovania segue em cima do muro. Ainda não expôs quem irá apoiar nesta disputa interna.

Link
Prisco Paraíso

Prisco Paraíso

Comentarista Político

Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

92.4%
5.6%
2.0%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp