03/09/2021 às 09h35min - Atualizada em 03/09/2021 às 09h34min

Em Brasília, Lunelli faz costuras para 2022

Prisco Paraíso

Hoje em saber se será confirmado candidato ao governo do Estado pelo MDB, até porque Moisés da Silva pode se filiar ao partido, Antídio Lunelli tem mostrado disposição de liderar o processo. Em Brasília nesta semana, o prefeito de Jaraguá do Sul tem se reunido com diversas lideranças políticas catarinenses e de diferentes partidos.
Um dos encontros foi com o presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, que ficou de vir a Santa Catarina. Já em outro momento, ele sentou com o senador Esperidião Amin (PP), curiosamente no salão que leva o nome de Luiz Henrique da Silveira.
Empresário bem sucedido, Lunelli surpreende também por sua capacidade de articulação. Ontem, acompanhado do deputado federal Carlos Chiodini, recebeu sinalização do ministro de Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas para aporte de R$ 50 milhões do governo federal na obra de duplicação da BR-280 até São Francisco do Sul, um importante corredor econômico.

Agenda
Lunelli segue em Brasília hoje onde se encontra com parlamentares e integrantes do governo do presidente Jair Bolsonaro.

Depois que o MDB decidiu jogar pra 15 de fevereiro as prévias que não se sabe se serão realizadas, Antídio Lunelli recebeu convite de 10 partidos para assinar ficha. Inclusive do ex-deputado Gelson Merisio, hoje no PSDB.

Flertes
Em Brasília, entre as agendas nos ministérios pra discutir habitação popular, a deputada Paulinha Silva se encontrou para um almoço com Roberto Freire, presidente do Cidadania.

Nada definitivo em relação ao eventual futuro partidário da parlamentar. Na realidade, ela está conversando com várias legendas, o que é natural neste momento. Segundo sua assessoria, Paulinha vai definir o novo endereço até outubro. Depois de 32 anos de PDT, a deputada está bem cautelosa.

Código ambiental
O deputado Valdir Cobalchini (MDB), presidente da Comissão Mista, enfatizou na primeira reunião da Comissão Mista que a proposta de revisão do código ambiental é propor as mudanças que eventualmente se fizerem necessárias. Destravar processos de licenciamento e diminuir a burocracia vigente.

Calendário
Órgãos do governo relacionados à agricultura e meio ambiente, entidades representativas do setor produtivo agrícola e ambiental do estado terão um prazo de até 30 dias para apresentarem suas sugestões de alterações e aperfeiçoamento do Código Estadual do Meio Ambiente, a Lei Estadual 14.675/2009, que será revisado pela Comissão Mista da Assembleia Legislativa. A decisão foi anunciada na noite de terça-feira (31), durante a primeira reunião oficial da comissão que definiu que serão promovidas oito audiências públicas, a partir do recebimento destas sugestões, para debater as propostas e até em quatro meses apresentar um novo Código.

Só cresce
Santa Catarina voltou a fazer história em agosto: a arrecadação estadual atingiu a marca inédita de R$ 3,6 bilhões, o que corresponde a crescimento de 44,4% na comparação com agosto de 2020. Somente com o ICMS, o Estado arrecadou R$ 2,9 bilhões. Entre os setores que puxaram a nova alta, destaque para a indústria têxtil (107,7% de crescimento). O desempenho também é atribuído ao Programa de Recuperação Fiscal (Prefis), encerrado em 31 de agosto.

Link
Prisco Paraíso

Prisco Paraíso

Comentarista Político

Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da criação da região metropolitana de Joinville?

90.7%
6.8%
2.5%
Anuncie no AJ
Atendimento
Quer divulgar sua empresa? fale conosco pelo Whatsapp