Hospital Municipal São José realiza captação de múltiplos órgãos para doação

Comissão de Transplantes do hospital é considerada referência no Estado

11/05/2018 - 08:11 hs
Foto: Jacson Carvalho/Agora Joinville

O Hospital Municipal São José de Joinville realizou nesta quinta-feira (10/05) uma captação de múltiplos órgãos para doação. A doadora, de 21 anos, foi vítima de afogamento em São Francisco do Sul, no dia 5 de maio. Com a confirmação da morte encefálica, a família autorizou a doação. Imediatamente, a equipe da Comissão de Transplantes do Hospital Municipal São José iniciou os procedimentos para agilizar a adoção.

O coração foi encaminhado pela equipe do Instituto do Coração de São Paulo (Incor). Fígado e rins foram captados pela Central Estadual de Transplantes (SC) e o Banco de Olhos de Joinville fez a captação das córneas. Os órgãos serão encaminhados para pacientes que estão nas filas de espera.

Para agilizar a transferência do coração para São Paulo, a equipe do Incor teve apoio do helicóptero da PM, que fez o translado entre o Hospital São José até o aeroporto de Joinville, para depois embarque para São Paulo onde será realizado o implante.Todos os procedimentos são feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), sem cobrança de qualquer taxa adicional. 

"No Brasil, há mais de 30 mil pessoas aguardando transplante. Deste total, duas mil morrem esperando. Por isso é importante a sensibilização da família em doar. É um ato que salva vidas", disse o coordenador da Comissão de Doação de Órgãos do Hospital São José, Ivonei Bittencourt.

O Hospital Municipal São José é a unidade hospitalar que mais faz captação de órgãos de doadores falecidos em Santa Catarina e a Comissão de Transplantes é considerada referência no Estado.

Referência em transplante de rins, fígados e córneas, em 2017 o São José superou seus indicadores. As 44 notificações de morte encefálica geraram 27 doações de órgãos (61,4%), beneficiando mais de 100 pacientes que saíram de lista de espera. 

O desempenho do Hospital São José nesse campo contribui para que Santa Catarina, por mais de 10 anos consecutivos, seja o Estado líder nacional em doação de órgãos. Segundo o coordenador da Comissão de Doação de Órgãos, Ivonei Bittencourt, isso se deve à profissionalização das equipes de transplantes e à solidariedade do povo catarinense.

Leia as últimas notícias de Joinville e região no AJ